x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 1

acessos 86

Abono Pecuniário

Caroline C. Ferreira

Iniciante DIVISÃO 3, Contador(a)
há 36 semanas Segunda-Feira | 18 outubro 2021 | 09:33

Bom dia caros colegas!

Estou com um caso na empresa que trabalho e gostaria de uma ajudinha de vocês para encontrar uma solução sobre férias e abono pecuniário..
Funcionário tirou 14 dias de férias coletivas no final do ano passado sobrando então 16 dias para tirar no decorrer desse ano.
Mês 09/2021 funcionário tirou 06 dias de férias, ou seja, falta 10 para completar os 30 dias.

A dúvida é, esses 10 dias a empresa pode comprar dele ou não?
Se não puder, poderiam me informar a base legal, pois pelo que eu pesquisei não encontrei nada que impedisse tal procedimento. 

Obs.: O período aquisitivo de férias dele irá vencer em 19/11/2021. 

João H Jr

Ouro DIVISÃO 2, Contador(a)
há 36 semanas Segunda-Feira | 18 outubro 2021 | 10:40

Podem ser convertidos em abono, até 1/3 dos dias de gozo que lhe restarem, desde que, cumpridos os prazos mínimos de descanso, fixados na reforma trabalhista, ou seja, 14 ou 5 dias.
Nesse caso, sobre os 10 dias restantes, poderão ser convertidos em abono pecuniário, 3 dias, se assim desejar o trabalhador, já que é um direito dele.
Nos termos do artigo 143 da CLT “é facultado ao empregado converter 1/3 (um terço) do período de férias a que tiver direito em abono pecuniário

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.