x
2020-09-01T01:11:49-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS

respostas 3

acessos 34

Cnae para serviços domésticos

há 8 semanas Terça-Feira | 1 setembro 2020 | 01:11

Boa noite. Eu sou contadora e tenho uma pessoa trabalhando em minha casa. Meio expediente a um valor de 700 reais. Ela não quer carteira assinada e nem autonomo por causa da retenção do inss. Eu pesquisei e descobri o cnae abaixo. É seguro ela ( com eu pagando as guias da junta) abrir essa empresa e prestar esse serviço para nós através de contrato de prestação de serviços e emissão de notas. Ela se interessou pous pode fazer outros serviços desse cnae para outras pessoas e ter como como comprovar renda.Eu vou estar amparada legalmente caso haja problemas futuros na justiça.[table]9700-5/00 Serviços domésticos[/table]
Notas Explicativas:Esta subclasse compreende:- as atividades de unidades domésticas que contratam empregados domésticos tais como: cozinheiros, copeiros, arrumadeiras, motoristas, lavadeiras, passadeiras, babás, jardineiros, governantas, caseiros, etc. para atender às necessidades de seus residentesEsta categoria foi criada para possibilitar que o pessoal ocupado nessas variadas atividades nos domicílios declare a atividade de seu empregador em pesquisas, mesmo sendo o empregador pessoa física e não uma empresa

há 8 semanas Quarta-Feira | 2 setembro 2020 | 14:34

Boa tarde Gisele, a funcionária não quer ter INSS descontado porém se abrir uma empresa terá gastos com a abertura e se tiver faturamento terá que fazer uma retirada de prolabore. Será que compensaria tudo isso, ainda mais se ela trabalha apenas meio período? 
É apenas uma opinião pessoal. O mais comum a se fazer para uma empregada doméstica é cadastrá-la no Esocial, gerar a folha e pagar INSS/FGTS. 

Att.,
Emanuela Alves 
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.