Contábeis o portal da profissão contábil

13
Dec 2018
09:12

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


DCTF Mensal - Dúvidas

2521respostas
360.271acessos
  

mostrando página 3 de 85
Erasmo Pratti

Usuário Iniciante

profissãoAssistente Contabilidade
mensagens36
pontos292
membro desde24/09/2014
cidadeAmericana - SP
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 08:08:56
Tópico Fixado por Wilson Fernando de A. Fortunato em 17/02/2015 12:59:19
Tópico Desafixado por Paulo R. Schafer em 06/04/2016 08:13:47
Bom dia!
Estou com o mesmo problema do Felipe Oliveira, ao selecionar a opção "não se aplica" gera o mesmo erro, e minhas empresas não operam com taxa de cambio.

ver Anexos (2)

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Bruno

Usuário 3 Estrelas de Prata

profissãoContador(a)
mensagens713
pontos7.609
membro desde15/06/2009
cidadeSao Jose do Rio Preto - SP
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 09:08:43
Bom dia a todos!

Também estou com a mesma dúvida dos colegas.

As empresas que estão sob minha responsabilidade não realizam operações de câmbio.

Pensei em não se aplica porem o sistema não deixa selecionar esta opção.

Ficaram as opções Caixa ou Competência.

Bruno
Consultor Tributário

"O pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas."

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Leidiane Damasceno

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens21
pontos164
membro desde16/05/2014
cidadeAcarau - CE
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 11:12:06
Bom dia,

Entendo que é obrigado apresentar a primeira DCTF sem movimento e depois está dispensado o segundo mês, caso não tenha movimento até novo período com movimento.
Eu fiz a DCTF referente ao mês de janeiro/2015 sem movimento e quero fazer referente ao mês de fevereiro/2015 também sem movimento, por a questão de evitar multas todo mês faço as DCTF mesmo que sem movimento, mesmo sabendo que não há penalização alguma, como já foi respondido no fórum.
A minha questão é a seguinte que quero transmitir a DCTF do segundo mêsmas está apresentando a seguinte mensagem na versão 3.2:
ERRO NA TRANSMISSÃO. A partir de 1º de janeiro de 2014 as pessoas jurídicas que não tenham débitos a declarar estão dispensadas da entrega da DCTF a partir do 2º mês em que permanecem nesta condição.

Gostaria de saber se algum dos colegas apresentou erro erro.

Att


ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens6.421
pontos76.723
membro desde23/10/2007
cidadeGuardamor - MG
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 11:52:05
ERRO NA TRANSMISSÃO. A partir de 1º de janeiro de 2014 as pessoas jurídicas que não tenham débitos a declarar estão dispensadas da entrega da DCTF a partir do 2º mês em que permanecem nesta condição.

Leidiane Damasceno,

Boa tarde!

Como existe a dispensa de entrega da DCTF Mensal sem débitos à declarar a partir do 2º mês que permanecer nesta condição, o sistema não aceitará o envio desta declaração.

É exatamento por este motivo que está dando esta mensagem de erro.

Você somente conseguirá entregar a DCTF Mensal desta empresa a partir do mês em que ela (empresa) tiver débitos à declarar.

Sempre pesquise antes de postar
Visite o meu Facebook.
***CCB

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Tiago Alves Barbosa

Usuário Novo

profissão
mensagens2
pontos118
membro desde05/09/2013
cidadeSerrinha - BA
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 12:59:58
Frederico Ribeiro Você consegui sanar sua dúvida. Estou com essa mesma dúvida.


Estou fazendo a DCTF dezembro/2014 e ainda não consegui sanar minhas dúvidas com as respostas anteriores. Antigamente quando fazia a declaração de dezembro, informava os meses que não houve débito. Nessa versão 3.2 não têm como mais. Tenho várias empresas que não movimentaram no ano 2014 e eu só fiz a declaração de janeiro de "opção"; outras tiveram movimentos em alguns meses e em outros meses não, e nós fizemos como antes e não declaramos. Alguém pode dar um esclarecimento maior? Será que serei penalizado?

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens94
pontos808
membro desde28/06/2012
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 13:09:30
PREZADO TIAGO ALVES BARBOSA,

a partir da versão 3.1 do programa da DCTF já não foi possível fazer desse jeito.
Eu te sugiro que as empresas que não tiveram qualquer mês de movimentação seja declarada como inativa.
Já no caso de empresas que não tiveram movimentação por alguns meses do ano de 2014, seja feita a declaração zerada e que seja pago a multa.
Quando você notar e/ou perceber que a versão foi mudada, sugiro que verifique a instrução normativa dessa versão nova para não ocorrer tais fatos, entende?

Att,
Alessandra.

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Caroline Correa da Silva

Usuário Novo

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens2
pontos13
membro desde16/03/2015
cidadeLaguna - SC
Postada:Segunda-Feira, 16 de março de 2015 às 14:49:12
Boa tarde pessoal, estou com uma dúvida referente a DCTF

Conforme legislação os condomínios edilícios estão dispensados da entrega da DCTF. .. certo?
Porém se os condomínios tem PIS/FOLHA mensal, seria necessário informar mensalmente essas guias?
Li alguns fóruns em outros sites, mas continuo confusa.

Alguém pode me ajudar?
Obrigada.

Atenciosamente,
Caroline Correa.

ver Anexos (2)

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Erasmo Pratti

Usuário Iniciante

profissãoAssistente Contabilidade
mensagens36
pontos292
membro desde24/09/2014
cidadeAmericana - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 08:36:20
Bom dia a todos!
Eu assim como outros que aqui postaram e pesquisaram estávamos com dúvidas a respeito do item:

"Critério de Reconhecimento das variações monetárias dos direitos de crédito e das obrigações do contribuinte, em função da taxa de câmbio."
E qual opção assinalar, Caixa, Competência ou Não se aplica.

Encontrei este Tópico e indico a leitura do mesmo onde houve uma rica troca de informações que muito poderá nos ajudar quanto ao preenchimento da DCTF Janeiro/2015.

Um abraço a todos.

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Bruno

Usuário 3 Estrelas de Prata

profissãoContador(a)
mensagens713
pontos7.609
membro desde15/06/2009
cidadeSao Jose do Rio Preto - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 10:00:42
Erasmo Pratti,

Muito obrigado pelo auxilio!!!!

Bruno
Consultor Tributário

"O pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas."

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Aline Castro

Usuário Ativo

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens128
pontos1.188
membro desde02/08/2013
cidadeRibeirao Preto - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 12:14:52
boa tarde a todos !!!

Peço aos colegas do forum ajuda na questão abaixo:

Tenho uma empresa de Corretagem de Imoveis que até dez/2014 a mesma era optante pelo Lucro Presumido.
Já em Janeiro/2015 a mesma passou a ser empresa optante pelo Simples Nacional.
Mas por um descuido acabei entregando a DCTF referente a Janeiro/2015 da empresa.
Tenho como cancelar e/ou desfazer esta declaração, já que a empresa é optante pelo Simples Nacional e já nao tem obrigatoriedade de entrega de tal declaração.
Preciso entrar com algum recurso na Receita Federal ?

Desde já agradeço...
att. aline

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Daiane Castro

Usuário Iniciante

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens46
pontos593
membro desde25/07/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 17:43:04
Boa tarde,

Não encontrei nada sobre o assunto a seguir:

Tenho uma empresa que toma vários serviços de outras empresas que tem retenção de IRRF em suas notas. Minha empresa unifica todos esses impostos em uma única guia.
Problema:No mês de janeiro entrou um valor de IR que na verdade deveria ter sido gerado somente em fevereiro. Essa guia já foi recolhida em 20/02/2015.
Dúvida: Em relação a DCTF como preencher? Ex. O valor da guia foi de R$ 2.000,00 quanto na verdade seria de 1.800,00. Preencho normalmente com o valor de 2.000,00 em janeiro? E em fevereiro faço perd/comp?

Obrigada!

"A única coisa que você deve ter medo é do próprio medo"

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Karla Viana Souza

Usuário Frequente

profissãoAnalista Tributos
mensagens92
pontos813
membro desde16/03/2015
cidadeCuiaba - MT
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 18:30:07
Boa tarde, Daiane Castro

No mês de janeiro ficara um pagamento a maior do valor que era pra ser retido em fevereiro.

No Valor do Débito você informa o valor correto R$ 1.800,00, no preenchimento dos campos da DARF (pagamento com DARF) você informa o que foi pago os R$ 2.000,00 e do lado no Valor Pago do Débito você informa R$ 1.800,00, com isso ira ficar um saldo de pagamento a maior de R$ 200,00 para você utilizar pra compensar.

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adriano Martins Geraldes

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens4
pontos24
membro desde01/03/2010
cidadeAnapolis - GO
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 21:13:50
Boa noite,

Também não consigo utilizar a opção "não se aplica", em relação ao Critério de reconhecimento das variações monetárias dos Direitos de Crédito e das obrigações do contribuinte, em função da Taxa de Cambio.

Ao verificar as pendências, surge o erro " A opção não se aplica, deve ser utilizada unica e exclusivamente pelas pessoas jurídicas imunes ou isentas do IRPJ ou pelos órgãos públicos da administração direta".

O prazo esta no fim. E agora meus colegas?

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoConsultor(a)
mensagens616
pontos9.518
membro desde31/12/2011
cidadeGoiania - GO
Postada:Terça-Feira, 17 de março de 2015 às 23:09:48
Adriano Martins,
Boa noite.

A DCTF que você que entregar tem algum débito? Se não tiver e, a opção a ser escolhida pela empresa não for o Regime de Competência, não precisa ser enviada a Declaração.

Recomendo que dê uma olhada no Manual de Preenchimento da DCTF (Versão 3.2), para maiores esclarecimentos.

Att.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida
Consultor Tributário e Contábil
Contador - CRC GO nº 24.586/5-O

e-mail: luizmauriciodealmeida@gmail.com

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adriano Martins Geraldes

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens4
pontos24
membro desde01/03/2010
cidadeAnapolis - GO
Postada:Quarta-Feira, 18 de março de 2015 às 08:04:09
Obrigado Luiz Mauricio;

A empresa possui débitos sim.

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Erasmo Pratti

Usuário Iniciante

profissãoAssistente Contabilidade
mensagens36
pontos292
membro desde24/09/2014
cidadeAmericana - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de março de 2015 às 08:11:54
Adriano Martins Geraldes, nesta mesma página postei um tópico que pode esclarecer suas dúvidas, mas também segue resposta obtida por meio de minha consultoria.
para visualizar clique "Aqui"

"A opção "Não se aplica", é apenas para as empresas Isentas e Imunes, as demais empresas precisam optar por um regime de apuração das variações cambiais, mesmo que não as realize, pois caso venha durante o ano realizar alguma operação na qual haja variações cambiais deverá aplicar o método optado na DCTF, sendo essa opção irretratável para todo o ano calendário."
Base Legal: IN 1.110 de 2010


Erasmo Pratti


ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adriano Martins Geraldes

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens4
pontos24
membro desde01/03/2010
cidadeAnapolis - GO
Postada:Quarta-Feira, 18 de março de 2015 às 08:18:27
Obrigado Erasmo!

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAdministrador(a)
mensagens3
pontos29
membro desde31/08/2014
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 10:01:55
Olá , boa tarde!!
Preciso retificar dctf fev/2013 ..
Quando fiz original informei periodo apuração inicial 01/02/2013 , final 28/02/2013... A Receita Federal me mandou uma intimação dizendo que eu não havia feito a dctf ref.fevereiro/2013.. Claro que fiz só que o período final de apuração certo é 26/02/2013.. Preciso retificar e o programa não permite que eu altere este campo.. Como faço?

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Rodrigo Gonçalves

Usuário Frequente

profissãoAnalista Fiscal
mensagens86
pontos616
membro desde19/02/2013
cidadeFlorianopolis - SC
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 11:25:18
Galera bom dia!

Uma empresa do lucro presumido em 2015 optou por ser SN.

Desde janeiro ela vem sendo tributada dessa forma por SN.

No entanto a DCTF de janeiro foi transmitida informando como a forma de tributação Presumido e sem débitos.

Pergunto: Isso pode dar algum problema ou a RFB irá desconsiderar esta declaração?

ver Anexos (2)

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoConsultor(a)
mensagens616
pontos9.518
membro desde31/12/2011
cidadeGoiania - GO
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 13:24:10
Rodrigo,
Boa tarde.

O Regime de Tributação é escolhido pelo pagamento do primeiro DARF. Logo, se houve a opção pelo Simples Nacional, a DCTF não interferirá em nada nesta opção. Acredito que a própria RFB irá desconsiderar a DCTF transmitida.

Att.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida
Consultor Tributário e Contábil
Contador - CRC GO nº 24.586/5-O

e-mail: luizmauriciodealmeida@gmail.com

ver Anexos (2)

2 pessoas aprovaram esta mensagem.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoConsultor(a)
mensagens616
pontos9.518
membro desde31/12/2011
cidadeGoiania - GO
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 13:25:18
Aparecido,
Boa tarde.

Na entrega da DCFT relativa ao mês de Fevereiro/2013, aconteceu alguma situação especial (Cisão, Fusão, Incorporação) ?

Att.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida
Consultor Tributário e Contábil
Contador - CRC GO nº 24.586/5-O

e-mail: luizmauriciodealmeida@gmail.com

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Adriano Martins Geraldes

Usuário Novo

profissãoContador(a)
mensagens4
pontos24
membro desde01/03/2010
cidadeAnapolis - GO
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 13:34:39
Boa tarde a todos!

Um empresa que em 2015 se tornou optante do simples, mas continua recolhendo guia de IRRF cod. 0561, referente à retirada de pro-labore dos sócios, ela continua obrigada a fazer a DCTF por conta desse pegamento?

Uma outra duvida que tenho é em relação, a quotas de IRPJ e CSLL de dezembro. Se a empresa é do Simples em 2015, tenho que informar essas quotas em uma DCTF de março? mesmo ela sendo do simples? E, para isso, como ficam as de janeiro e fevereiro? fico sem fazer?

Desde já, agradeço a todos pela colaboração

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoConsultor(a)
mensagens616
pontos9.518
membro desde31/12/2011
cidadeGoiania - GO
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 13:48:32
Adriano,
Boa tarde.

Empresas optantes pelo Simples Nacional estão desobrigadas à apresentação da DCTF, conforme IN RFB N. 1.110 de 24 de dezembro de 2010:

"Da Dispensa de Apresentação da DCTF

Art. 3º Estão dispensadas da apresentação da DCTF:

I - as Microempresas (ME) e as Empresas de Pequeno Porte (EPP) enquadradas no Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional) , instituído pela Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, relativamente aos períodos abrangidos por esse Regime;

Já no que se refere ao segundo questionamento, as pessoas jurídicas que passarem a se enquadrar no Simples Nacional, devem apresentar as DCTF referentes aos períodos anteriores a sua inclusão ainda não apresentadas (vide § 7º da citada IN). Portanto, você ainda terá que informar essas quotas na DCTF de março.

Att.

Luiz Mauricio Rodrigues de Almeida
Consultor Tributário e Contábil
Contador - CRC GO nº 24.586/5-O

e-mail: luizmauriciodealmeida@gmail.com

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Bruno Gasnhar Tonet

Usuário Novo

profissãoAnalista Contabilidade
mensagens5
pontos97
membro desde22/03/2011
cidadeUniao da Vitoria - PR
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 16:04:45
Boa tarde colegas,

Tenho uma empresa que está sem movimento desde 08/2014 até agora, no mês 08/2014 foi entregue a DCTF sem movimento. Sou obrigado a entregar a DCTF referente ao mês de 01/2015 para fazer a opção do regime de tributação (Lucro Real, Lucro Presumido) ? Ou para fazer a opção pelo critério de reconhecimento das Variações Monetárias, em função da Taxa de Câmbio (Mesmo que não tenha operações sujeitas a isso)?

Agradeço desde já pela atenção.

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Matheus Cavalcante

Usuário 3 Estrelas Novas

profissãoContador(a)
mensagens323
pontos2.842
membro desde28/12/2012
cidadeRecife - PE
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 17:19:21
Bruno,

Eu transmiti JAN/2015 sem movimento mesmo entregando a última em 08/2014 zerada de uma empresa daqui, mas não sei te dizer se isso é obrigatório. Já li algumas vezes sobre essa nova sistemática da DCTF e tirei muitas dúvidas, porém, confesso que deste detalhe eu esqueci! rsrs

Mas eu transmiti por precaução!

Aguardamos os amigos nos ajudar...


Att, Matheus Cavalcante

ver Anexos (2)

Rafael Salgado

Usuário Estrela Nova

profissãoAnalista Fiscal
mensagens249
pontos3.186
membro desde16/05/2013
cidadeBelem - PA
Postada:Quinta-Feira, 19 de março de 2015 às 17:36:24
Matheus, Boa Tarde!



É exatamente isso que você fez. Obrigatório a transmissão da DCTF do 1º mês do exercício.

Abaixo link para sua ajuda:

http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/dctf/defaultpgd.htm

Rafael Salgado
Analista Fiscal

ver Anexos (2)

profissãoAuxiliar Contabilidade
mensagens29
pontos409
membro desde16/09/2013
cidadeBarao de Cocais - MG
Postada:Sábado, 21 de março de 2015 às 13:33:28
Bom estou com um problema espero que possam me audar.
Enviei uma DCTF com atraso e com valores errados(valores bem maiores), sendo assim gerou uma multa de valor muito alto. Já aconteceu com alguém ? O que fazer ? A única solução seria solicitar cancelamento dessa DCTF ?
Obrigado(a).

ver Anexos (2)

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Djoni Filho

Usuário Ativo

profissãoGerente Contabilidade
mensagens109
pontos890
membro desde26/02/2010
cidadeFortaleza - CE
Postada:Segunda-Feira, 23 de março de 2015 às 08:43:22
Estou com o mesmo problema... se alguém puder me ajudar, agradeço muito.

Djoni de Araújo Neves Filho ∴
Adm Auditoria Consultoria e Assessoria Contabil S/S LTDA
Chefe Departamento Fiscal | Agente de Certificado Digital
(85) 3246-1706 - Facebook: facebook.com/djonifilho
djonifilho@admauditoria.cnt.br


ver Anexos (2)

Edvar Giangiardi Junior

Usuário Iniciante

profissãoAssessor(a) Recursos Humanos
mensagens49
pontos367
membro desde22/12/2010
cidadeBariri - SP
Postada:Segunda-Feira, 23 de março de 2015 às 10:45:29
(Regra 12) Antes de criar um Novo Tópico, faça uma busca pelo Fórum no campo Pesquisa. por Wilson Fernando de A. Fortunato em 23/03/2015 11:09:54
Bom dia.
Uma entidade sem fins lucrativos, é obrigada a entregar a DCTF?
Obrigado

ver Anexos (2)

profissãoAuxiliar Escrita Fiscal
mensagens94
pontos808
membro desde28/06/2012
cidadeRio de Janeiro - RJ
Postada:Segunda-Feira, 23 de março de 2015 às 17:14:05
Prezada Patrícia,

até onde sei, a multa é de R$ 500,00, sendo que se vc pagar em até 1 mês após o envio da DCTF vc terá o desconto de 50%, portanto você pagará R$ 250,00.


Segue abaixo a explicação da multa tirada do próprio site da Receita:
CAPÍTULO III

DAS PENALIDADES

Art. 9º A pessoa jurídica que deixar de apresentar a DCTF no prazo fixado ou que a apresentar com incorreções ou omissões será intimada a apresentar declaração original, no caso de não-apresentação, ou a prestar esclarecimentos, nos demais casos, no prazo estipulado pela RFB, e sujeitar-se-á às seguintes multas:

I - de 2% (dois por cento) ao mês-calendário ou fração, incidente sobre o montante dos impostos e contribuições informados na DCTF, ainda que integralmente pago, no caso de falta de entrega dessa declaração ou entrega após o prazo, limitada a 20% (vinte por cento), observado o disposto no § 3º;

II - de R$ 20,00 (vinte reais) para cada grupo de 10 (dez) informações incorretas ou omitidas.

§ 1º Para efeito de aplicação da multa prevista no inciso I do caput, será considerado como termo inicial o dia seguinte ao término do prazo fixado para a entrega da declaração e como termo final a data da efetiva entrega ou, no caso de não-apresentação, a data da lavratura do auto de infração.

§ 2º Observado o disposto no § 3º, as multas serão reduzidas:

I - em 50% (cinqüenta por cento), quando a declaração for apresentada após o prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício;

II - em 25% (vinte e cinco por cento), se houver a apresentação da declaração no prazo fixado em intimação.

§ 3º A multa mínima a ser aplicada será de:

I - R$ 200,00 (duzentos reais), tratando-se de pessoa jurídica inativa;

II - R$ 500,00 (quinhentos reais), nos demais casos.

http://www18.receita.fazenda.gov.br/legislacao/ins/2008/in9032008.htm[code]

Espero tê-la ajudado!

Att,
Alessandra.

ver Anexos (2)


mostrando página 3 de 85

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César