2015-02-17T12:56:11-02:00
x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 2.558

acessos 390.965

há 4 anos Quinta-Feira | 2 abril 2015 | 10:42

Ruy Barbosa Dimitriou
Não é necessário procuração com firma reconhecida, ao realizar o agendamento, você terá que preencher alguns dados da empresa e da pessoa que estará representando a, como se fosse uma procuração, mas não há necessidade de reconhecer firma.
É interessante levar o relatório fiscal onde constam as pendências que se está comprovando e detalhar os fatos, assim agiliza o processo e eles alocam o pagamento a tal débito.

há 4 anos Quinta-Feira | 2 abril 2015 | 10:57

pelo que eu entendi PA/EX 23/05/2014 seria sobre 03/2014 E 23/01/2015 sobre 11/2014 e assim me traz outra duvida e neste caso de ser uma associação e que apartir de 01/01/2014 ela estar dispensada de transmitir por não ter paga nenhum tipo de imposto e se eu transmitir o DCTF fora do prazo mesmo ela não sendo obrigada a entregar eu devo pagar multa ou tem como contestar estas multas? pois o que apurei foi isso o que aconteceu eu transmiti este informativos fora do prazo mas a associação estava dispensada de acordo com as novas regras.

MwD
Consultor Especial
há 4 anos Terça-Feira | 7 abril 2015 | 15:21

Boa tarde a todos!
Procurei e não encontrei muinha dúvida questionada por algum colega do fórum.

Na DCTF Mensal, uma empresa de lucro presumido que teve movimentação em Fevereiro, sendo que o PIS e COFINS (com vencimento para 23/03/15) serão lançados na DCTF de Março e a CSLL e IRPJ (com vencimento 30/04/15).... é a primeira vez que eu vou declarar e estou com dúvidas de como declarar essa DCTF. ..

Existe DCTF Trimestral?????

Não se iluda com os seus seguidores no Facebook, Twiter, WhatsApp, etc....
Jesus só tinha 12 e ainda foi traído por um...

Meus filhos... minha vida
Consultor Especial
há 4 anos Terça-Feira | 7 abril 2015 | 15:57

Boa tarde Luciano!

Eu nunca mexi com Lucro Presumido. . só Real... por isso minhas dúvidas... vi que no lucro presumido, eu tenho que declarar no 1º trimestre que é 31/03/15....

então eu fiquei na dúvida sobre lançar o PIS e COFINS, que venceram em 25/03... eles também serão informados na DCTF de Março, que é feita em Abril.. é isso????



Sds

Não se iluda com os seus seguidores no Facebook, Twiter, WhatsApp, etc....
Jesus só tinha 12 e ainda foi traído por um...

Meus filhos... minha vida
há 4 anos Terça-Feira | 7 abril 2015 | 16:09

Boa tarde caros colegas.
A DCTF até onde sei os impostos são lançados de acordo com sua competência. Por exemplo agora no mês 04-2015 transmitiremos a DCTF Mensal referente ao mês 02-2015, na parte do débito do imposto teremos os impostos que foram apurados no mês 02-2015 e na aba pagamento do darf termos o pagamento do imposto.

Felipe Antonio da Rosa Bittencourt.

Técnico em Contabilidade.
Bacharel em Ciências Contábeis.
há 4 anos Terça-Feira | 7 abril 2015 | 16:16

Eduardo Molinari
a DCTF referente aos impostos competentes ao mês de Fevereiro no caso (Pis e Cofins) deve ser entregue até dia 23/04 e é referente a DCTF de Fevereiro e não de Março;
CSLL e IRPJ do 1° Trimestre deverão ser somados e entregues na DCTF de Março (Assim como no Darf constará o último mês do Trimestre como competencia,). DCTF a qual deverá ser entregue em Maio/2015 juntamente com os valores de Pis e Cofins de Março.
As datas referente aos vencimentos das Obrigações você pode consulta neste Link

obs: Pis e Cofins que venceram em 25/03 são de Competência Fevereiro e Declarados na DCTF de Fevereiro.

Espero ter ajudado.

Att.
Erasmo Pratti

há 4 anos Sexta-Feira | 10 abril 2015 | 09:55

Bom dia, é meu primeiro emprego em escritório de contabilidade, e estou com algumas duvidas sobre a DCTF trimestral, no caso quando eu informar IR e CSLL na DCTF de Março, seria as somas de Janeiro-Março ou somente Março? E no caso necessito informar PIS/COFINS trimestralmente também ou no caso informo só mensalmente?

há 4 anos Sexta-Feira | 10 abril 2015 | 10:07

Magnum

A DCTF trimestral, no caso quando eu informar IR e CSLL na DCTF de Março, seria as somas de Janeiro-Março ou somente Março?

R: As apurações de IR e CSLL sempre serão trimestrais, ou seja, Janeiro, Fevereiro e Março conforme exemplo acima.

E no caso necessito informar PIS/COFINS trimestralmente também ou no caso informo só mensalmente?

R: PIS e COFINS serão informados mensalmente.

Att

há 4 anos Sexta-Feira | 10 abril 2015 | 10:16

Magnun, bom dia!

Na DCTF de março você informará a soma de JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO do IRPJ e CSLL como você mesmo citou.
PIS e COFINS você informará somente o valor de MARÇO e não o total do trimestre como IRPJ e CSLL são.

IRPJ e CSLL são impostos trimestrais. PIS e COFINS são mensais. Logo IRPJ e CSLL só serão informados no último mês de cada trimestre, somando-se os valores dos 3 meses mesmo se houver antecipação do pagamento. PIS e COFINS você informa todo mês.

EX:

JANEIRO - PIS/COFINS
FEVEREIRO - PIS/COFINS
MARÇO - PIS/COFINS(somente março) e IRPJ/CSLL(janeiro+fevereiro+março)

E assim por diante...



Espero que tenha te ajudado, bom no trabalho!

Att, Matheus Cavalcante
há 4 anos Segunda-Feira | 13 abril 2015 | 09:21

Bom dia a todos!

Sou relativamente novo no ramo, e tenho algumas dúvidas quanto a DCTF, uma determinada empresa tem que apurar débitos apenas dos impostos trimestrais (IRPJ e CSLL) , com isso no mês de janeiro informei a DCTF desta firma zerada e não pude transmitir a do mês de fevereiro por não poder emitir DCTF's de dois meses seguidos zeradas. PERGUNTA: Está mesmo correto? mesmo tendo a CSLL dividida em quotas estou desobrigado de transmitir a DCTF do mês seguinte ao primeiro que foi informado zerado (no caso fevereiro)?

E quanto ao informe de pagamento das DCTF's obviamente quando eu transmito (neste caso de qualquer empresa, mesmo tendo tributos mensais) o cliente ainda não haverá pago, pois estou emitindo-a no presente instante, devido a isso, deixo o pagamento sem preenchimento. PERGUNTA: Quando recebo o DARF pago do cliente devo retificar a DCTF? ou o a Receita atualiza isto automaticamente, como funciona?

Agradeço desde já pela ajuda.

há 4 anos Segunda-Feira | 13 abril 2015 | 11:25

Bom dia caro colega Alison.

Em relação a sua primeira pergunta, ao tentar transmitir por exemplo a declaração de 02-2015 que pelo segundo mês consecutivo não possua débitos a declarar ou não tenha movimento, o próprio programa da DCTF emitirá uma alerta impedindo a transmissão do mesmo. Quando os débitos são divididos em quotas no caso da CSLL e IRPJ, os mesmos irão aparecer na pasta "Trimestre Anterior" na DCTF Mensal do último mês do trimestre seguinte. Exemplo: em 03-2015 foram divididos em duas ou três quotas o IRPJ e CSLL, os mesmos irão aparecer na pasta "Trimestre Anterior" na DCTF Mensal referente ao mês 06-2015.

Em relação a sua segunda pergunta, o prazo para entrega da DCTF Mensal é até o 15º dia útil do segundo mês subsequente ao da escrituração, assim sendo, você consegue informar normalmente os pagamentos no programa pois por exemplo agora até o 15º dia útil de abril, estaremos transmitindo a DCTF Mensal referente ao mês 02-2015.

O manual da DCTF que consta no próprio programa poderá ser de grande ajuda.

Espero ter auxiliado.

Felipe Antonio da Rosa Bittencourt.

Técnico em Contabilidade.
Bacharel em Ciências Contábeis.
há 4 anos Segunda-Feira | 13 abril 2015 | 16:47

Amigos, preciso de ajuda quanto a DCTF. ...vamos lá....

as empresas que não tiverem faturamento por dois meses consecutivos, a entrega da DCTF é dispensada, desde que, você entregue a mesma zerada no primeiro mês sem faturamento.

Exemplo: a empresa não faturou em janeiro e fevereiro.
Em janeiro, entregamos a DCTF zerada. ok!
Quando eu tentei entregar a do mês de fevereiro na versão 3.2, o próprio sistema não deixou, dizendo que a entrega era dispensada.

Agora veja....se essa mesma empresa, não faturar em janeiro, fevereiro e março.....até fevereiro ok!
Mas fui entregar a do mês de março zerada e o sistema autorizou a entrega.
Seguindo o principio de janeiro e fevereiro, março também não deveria ser dispensado?

Ou será que é pq é encerramento de trimestre?

há 4 anos Terça-Feira | 14 abril 2015 | 16:19

Colegas, preciso de ajuda...
Vi algumas respostas sobre o assunto mas minha dúvida ainda não foi sanada.

Informamos débitos na DCTF em atraso (informado agora em abril do ano de 2012) e gerou multa alta, ocorre que a informação foi declarada na empresa errada. Inclusive essa empresa entregou declaração de Inativa para o ano em questão.
Como posso regularizar a situação, visto que foi gerada multa para a empresa correta? Retificamos a DCTF excluindo os débitos mas quanto às multas?

Desde já obrigada,

há 4 anos Quarta-Feira | 15 abril 2015 | 15:01

Uma dúvida
Uma empresa do lucro presumido foi aberta no mês de outubro de 2013 e por não ter o certificado digital no tempo hábil não pude informar a DCTF. Fui tirar uma CND e acusou a falta dos meses 10, 11 e 12 de 2013. Como não houve faturamento nesses meses, devo informar os meses de outubro novembro e dezembro ou basta informar o mês de outubro e pagar a multa e consigo obter a CND? Alguém pode me orientar qual o melhor procedimento

há 4 anos Quarta-Feira | 15 abril 2015 | 15:28

Angelo Nascimento de Oliveira
Faça a declaração de dezembro nela você deverá marcar os meses que não teve movimento, marque estes meses que você citou, pois não teve faturamento. Envie e pague a multa de atraso

Att
Guilherme.
há 4 anos Quinta-Feira | 16 abril 2015 | 09:45

Obrigado Guilherme.
Na notificação de lançamento da RFB no item que auxilia para o preenchimento do DARF da multa por atraso o período de apuração é 24/02/2014. Só que a competência do DCTF que apresentei foi dezembro de 2013. Alguém poderia me explicar o porquê?

há 4 anos Segunda-Feira | 20 abril 2015 | 10:54

Bom dia!

Uma empresa lucro presumido, constituída em julho de 2014, que so teve movimento a partir de fevereiro de 2015, tentei transmitir como primeira DCTF a de fevereiro 2015, em dados iniciais, no campo Situação da PJ no mes da declaração, coloquei que tinha iniciado atividades no mes de fevereiro 2015, e deu o seguinte erro: ERRO Validador DCTF, a transmissão não foi concluída, foi marcada a opçao Inicio de Atividade ou surgimento de nova PJ em razão de fusão ou cisão no mês indevidamente, como seria entao?

há 4 anos Quarta-Feira | 22 abril 2015 | 12:00

Alguém pode me ajudar?

Tenho um cliente do lucro presumido que desde o ano 2011 ele não possui movimento financeiro na sua empresa, porém nem a DCTF e nem o DIPJ foram entregues.

Hoje ao consultar seus débitos no E-CAC consta essas pendências , porém gostaria de saber o que é mais vantajoso entregar uma declaração de inatividade ou entregar a DCTF e o DIPJ mês a mês? E a declaração de inatividade tem multa com o valor mais baixo do que a da DCTF e DIPJ? A multa do DIPJ e da DCTF é contada mês a mês ou é anual? Qual o valor da multa desses?

Preciso muito de ajuda, pois nunca fiz nenhuma dessas declarações.

Obrigada.

há 4 anos Quarta-Feira | 22 abril 2015 | 13:39

Lizandra
Se a empresa não efetuou nenhuma movimentação financeira, operacional, não operacional ou patrimonial, entrega a declaração de inatividade - DSPJ e recolhe a multa. A multa é R$ 200,00 reais por cada declaração, mas realizando o pagamento na data informada na intimação você adquiri uma redução de 50% da multa.

Att

há 4 anos Quarta-Feira | 22 abril 2015 | 14:03

Deixa eu ver se entendi.

Eu faço a declaração de inatividade e envio também as dctfs de cada mês e ai quando eu gerar a declaração de inatividade terá uma multa de R$ 200,00 por declaração que pagas até a data de vcto terão um desconto de 50% do valor, certo?

há 4 anos Quarta-Feira | 22 abril 2015 | 14:10

Boa Tarde Lizandra,


Ou vc envia a Declaração de Inatividade ou as Dctf . O melhor é seguir a orientação do Ricardo, já que a multa
da Dctf é R$ 500,00 (com desconto fica R$ 250,00)




Att.



Sandra

há 4 anos Quarta-Feira | 22 abril 2015 | 14:19

Pessoal boa tarde, deixa eu ver se entendi, então se a minha empresa tiver débitos de Pis/cofins e outros (tipo 1708,5952), a declarar eu vou entregar a DCTF, no próximo mês se este pis/cofins ficou retido e os outros (tipo 1708,5952..) não houver eu não preciso entregar, porém no final do trimestre eu torno a entregar informando os débitos de pis/cofins e os outros (tipo 1708,5952...), e se houver Ir/csll ... É isso mesmo???

Página 5 de 87
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.