x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 3

acessos 78

IRPF_ Microempreendor Individual

José Gonçalves Brito

Prata DIVISÃO 4, Assistente Contabilidade
há 1 ano Sábado | 23 maio 2020 | 14:59

Boa tarde, colegas!

Estou fazendo a apuração das entradas e saídas de um cliente MEI para achar o lucro, e posteriormente saber se vai precisar declarar ou não IRPF. Queria saber se as compras no CNPJ para revenda, ENTRAM na apuração do lucro do MEI, juntamente com as Despesas. Já que ele não possui contabilidade (apenas faço a folha e agora pediu o IRPF) , só tem o livro-caixa com as anotações de despesas de aluguel, água, luz, internet etc...). Lembrando o CMV da DRE acredito que si, mas como é apenas o livro-caixa, estou apreensivo se devo seguir a mesma lógica.

Grato a quem puder ajudar.

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 1 ano Segunda-Feira | 8 junho 2020 | 11:08

Bom Dia José

Os rendimentos auferidos de MEI não entram na Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física.
É um benefício do Governo...
O limite máximo que o MEI poderá efetuar de compras de mercadorias é de até 80% (oitenta por cento) do valor bruto de suas receitas.
MEI é 81 mil ano de faturamento sem considerar as compras, passando este limite, a empresa desenquadra automaticamente.

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

José Gonçalves Brito

Prata DIVISÃO 4, Assistente Contabilidade
há 1 ano Sábado | 13 junho 2020 | 20:25

Telma,
Grato por responder. Mas o empresário MEI, para saber se está dispensado de apresentar a DIRPF, não tem que fazer os cálculos, primeiro da presunção (para ver o rendimento isento a ser distribuído), e depois, comparar com o LUCRO verificado mesmo que por meio do sistema de fluxo de caixa? Pelo menos, todas as aulas que assisto na internet sobre IRPF de MEI, falam isso.
Sei que o CNPJsó declara DASN-MEI, anualmente. A questão da dúvida é o CPF não o CNPJ.  

Em relação ao limite para fins de desenquadramento, não é só a receita, mas tbm as compras, pois tive casos de clientes que só compravam e a SEFA desenquadrou por ter ultrapassado o limite do MEI. O fiscal disse que é somado as compras e saídas (ou só as compras, sendo MEI desobrigado a emitir NF via de regra), para fins de desenquadramento.

Grato.

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 1 ano Segunda-Feira | 15 junho 2020 | 10:34

Sim José, mas geralmente MEI mesmo com estes cálculos não atinge para declarar..rs
Pessoa Física o limite de 2019 é 28.559,70, caiu mais que isso na conta, é obrigatório a declarar.

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.