x

Contribuinte pode tirar na internet dúvidas sobre restituição de IR referente a férias

Os contribuintes que venderam dias de férias nos últimos cinco anos ganharam um instrumento para tirar dúvidas sobre o ressarcimento do

26/05/2009 00:00:00

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Os contribuintes que venderam dias de férias nos últimos cinco anos ganharam um instrumento para tirar dúvidas sobre o ressarcimento do Imposto de Renda retido na fonte. A Receita Federal criou um espaço em sua página na internet com os procedimentos a serem seguidos para obter a restituição.

Para ler as instruções, o contribuinte deverá entrar no site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br). Em seguida, é necessário clicar no link "Restituição do Imposto de Renda Retido na Fonte Relativo ao Abono Pecuniário de Férias".

Além de esclarecer quem tem direito ao ressarcimento, o espaço traz uma tabela com os prazos de entrega das declarações retificadoras para cada ano (de 2004 a 2007) em que o trabalhador vendeu dias de férias ao patrão. Para receber a restituição, o contribuinte terá de corrigir as informações declaradas nos anos anteriores.

A página também apresenta os links para a obtenção do número do recibo de entrega da declaração relativa ao ano em que o abono foi recebido. No espaço, é possível ainda baixar o programa gerador da declaração do Imposto de Renda correspondente ao ano em que os dias de férias foram vendidos.

No caso de abono recebido em 2007, a declaração a ser retificada é a do exercício de 2008 (ano-calendário 2007). O contribuinte, portanto, deve baixar o programa "IRPF 2008". Mesmo quem tiver no computador o programa instalado na época da entrega da declaração original, deve instalar a nova versão do mesmo programa.

Fonte: Agência Brasil

Enviado por: Wilson Fernando A. Fortunato

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.