x

Receita libera consulta ao primeiro lote do IR

Pagamento da restituição contempla as pessoas com 60 anos ou mais, como determina o Estatuto do Idoso; lista deve ser liberada até terça-feira

07/06/2010 00:00:00

1.721 acessos

Pagamento da restituição contempla as pessoas com 60 anos ou mais, como determina o Estatuto do Idoso; lista deve ser liberada até terça-feira


Até terça-feira, a Receita Federal deve liberar a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2010 (ano-base 2009). O pagamento do tributo retido a mais pelo governo federal será feito em 15 de junho, na conta corrente indicada pelo contribuinte.

O primeiro lote contempla as pessoas com 60 anos ou mais, como determina o Estatuto do Idoso. Na sequência, serão liberadas as declarações dos contribuintes que enviaram as informações fiscais em março, logo no início do prazo estipulado pela Receita para a entrega do documento.

O Fisco vai dividir o pagamento das restituições em sete lotes, que serão liberados de junho a dezembro deste ano. Quem não estiver neste primeiro grupo, pelo menos, poderá verificar se a Receita encontrou alguma pendência na sua declaração. Isso porque o sistema do Fisco já realizou uma primeira triagem nos documentos entregues.

Malha fina
Para saber se o contribuinte caiu ou não na malha fina é só acessar o site http://www.receita.fazenda.gov.br e clicar em Restituição IRPF. Na página que se abrirá, o internauta deve clicar no segundo item, que é Consultar Pendências na Declaração (Extrato do IRPF) .

O sistema, então, pedirá para o contribuinte informar o número do CPF, data de nascimento e números dos recibos de entrega das declarações do Imposto de Renda dos exercícios de 2009 e 2010, das quais conste entrega e o contribuinte seja titular.

Com esses dados, será gerado um código de acesso à Receita, em que o contribuinte poderá verificar o motivo pelo qual a sua declaração está retida. Isso permitirá a retificação das informações e a liberação da restituição. A declaração retificadora deve ser entregue no mesmo modelo (completo ou simplificado) da última transmitida.

Para enviar um novo documento corrigindo o erro, basta entrar no programa da Receita (o mesmo que o contribuinte baixou para enviar a declaração), responder ''''sim'''' à pergunta ''''esta declaração é retificadora?'''', informar o número do recibo da declaração 2010, corrigir o erro, gravar e transmitir novamente o documento.

Em 2010, o número de contribuintes que prestaram contas ao Leão ultrapassou a meta da Receita. Cerca de 24,6 milhões de declarações foram enviadas até o dia 30 de abril, quando se encerrou o prazo. Segundo a Receita, 99% dos documentos foram entregues pela internet; só 1% foi mandado em papel ou disquete.

Fonte: Folha de Londrina - PR

Enviado por: Wilson Fernando de A. Fortunato

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.