x

Proposta obriga recolhimento de FGTS para empregados domésticos

A Câmara analisa proposta que torna obrigatória a inscrição do empregado doméstico no regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Hoje, a inscrição

25/07/2011 10:04:45

1,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

A Câmara analisa proposta que torna obrigatória a inscrição do empregado doméstico no regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) .

Hoje, a inscrição dos domésticos no FGTS é facultativa e depende de requerimento do empregador. A medida está prevista no Projeto de Lei 338/11, do deputado Rubens Bueno (PPS-PR), que altera a Lei 5.859/72.

O texto também fixa em 5% dos rendimentos pagos aos empregados por mês o valor do depósito a ser efetuado pelos empregadores. Hoje, quando o empregador decide pela inscrição, deve depositar 8% dos valores pagos mensalmente.

Segundo Rubens Bueno, a obrigatoriedade do recolhimento do FGTS “colocaria a categoria doméstica no mesmo patamar dos demais trabalhadores brasileiros”.

O parlamentar também acredita que a diminuição do valor de contribuição estimularia a formalização desses empregados. “A ideia é estimular o consenso e abrandar o diálogo, de modo que o acréscimo de custos à mão-de-obra seja o mínimo possível.”

O projeto tem prioridade e está pronto para entrar na pauta do Plenário, por tramitar em conjunto com o PL 7363/06, do Poder Executivo, que tem o mesmo teor e já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Camara dos Deputados

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.