x

Desemprego

FGTS: Lucro deve ter redução de até 40%

Aumento do desemprego em 2020 deve impactar na distribuição dos lucros do Fundo de Garantia.

10/11/2020 14:25:01

2,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

FGTS: Lucro deve ter redução de até 40%

O lucro do FGTS deve sofrer com o aumento do desemprego em 2020. De acordo com membros do conselho curador do FGTS, o valor deve chegar a R$ 6,9 bilhões até o fim do ano. Apresentada aos membros do conselho, a estimativa faz parte do orçamento do fundo.

No ano passado, o lucro líquido do FGTS foi de R$ 11,3 bilhões. Desses, R$ 7,5 bilhões foram distribuídos para os trabalhadores cotistas. Caso a estimativa para 2020 se confirme, haverá uma queda de 39%.

De acordo com os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia, de janeiro a setembro, 558.597 empregos foram perdidos no país, devido à crise econômica causada pela pandemia de coronavírus.

“Com o aumento do desemprego , mais pessoas sacaram recursos do fundo em 2020 e ainda começaram outras modalidades de saques, como o aniversário. Isso afetará o resultado do fundo”, disse um dos integrantes do conselho curador do FGTS.

Lucro do FGTS

A distribuição do lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, FGTS, é uma ação do Governo realizada desde 2017. Ela permite que trabalhadores recebam um dinheiro a mais em suas contas do Fundo de Garantia, uma espécie de juros e correções monetárias.

O Governo Federal utiliza os valores depositados nas contas da CEF para investir em projetos públicos. Desta forma financia obras para habitação, infraestrutura e saneamento básico. Com isso, os valores investidos pelo Governo geram um lucro.

Até 2016 todo esse lucro ficava com o próprio Governo, mas desde 2017, a metade desse lucro passou a ser pago aos trabalhadores. A expectativa é que a distribuição relativa a 2019 ultrapasse 50% de lucro do Fundo.

Previsão

O orçamento apresentado aos conselheiros do fundo visa aumento nos próximos anos. De acordo com ele, o lucro será de R$ 7,3 bilhões, em 2021, R$ 7,7 bilhões, em 2022, e R$ 7,6 bilhões, em 2023.

“Essas estimativas são conservadoras e o resultado pode melhorar com o aumento da geração de emprego. Isso dependerá do ritmo de recuperação da economia. Acredito que o lucro pode aumentar nos próximos anos”, constatou um conselheiro do fundo.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.