x

pagamento

FGTS: Novo prazo para sacar benefício já começou

Trabalhadores que ainda não retiraram o dinheiro do FGTS emergencial, podem sacar até dia 31 de dezembro.

08/12/2020 08:55:01

6,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

FGTS: Novo prazo para sacar benefício já começou

Quem ainda não sacou o FGTS Emergencial ganhou um prazo extra para fazer o pedido. A nova data começou nesta segunda-feira, 7, e vai até 31 de dezembro.

O saque emergencial do FGTS foi criado neste ano como medida de combate aos impactos econômicos da pandemia de coronavírus.

A liberação foi realizada em fases, de acordo com calendário que seguiu o mês de aniversário dos trabalhadores. O dinheiro foi depositado em poupanças digitais da Caixa, criadas automaticamente e vinculadas ao nome de cada beneficiário.

Na semana passada, a Caixa havia informado que cerca de R$ 7,9 bilhões do saque do FGTS que estavam nas poupanças digitais não tinham sido movimentados.

Com isso, o dinheiro voltou para a conta do fundo de garantia de cada trabalhador no dia 30 de novembro, como já era previsto.

Os trabalhadores que não movimentaram os valores, porém, ainda podem acessar o dinheiro, se desejarem, dentro deste novo prazo que se encerra no dia 31 de dezembro.

Para isso, é necessário realizar uma nova solicitação pelo aplicativo do FGTS. Assim, o saldo será transferido novamente para a conta digital aberta pela Caixa e ficará disponível para movimentação pelo aplicativo Caixa Tem.

O montante poderá ser utilizado em transações eletrônicas, saque em espécie ou transferência, sem custo, para outras contas. Só depois da solicitação, o trabalhador sabe o valor e a data para o saque do FGTS.

FGTS emergencial

Segundo a Caixa, durante todo o calendário, foram disponibilizados R$ 37,8 bilhões para mais de 60 milhões de trabalhadores.

O Saque Emergencial FGTS foi criado por meio da Medida Provisória 946/20 para auxiliar os brasileiros no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.