x

NFe

Serpro deixará de disponibilizar dados a terceiros a partir de dezembro

Nova portaria prevê sigilo para as empresas a partir do dia 1º de dezembro de 2021.

01/09/2021 14:30:01

8,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Serpro deixará de disponibilizar dados a terceiros a partir de dezembro

O Diário Oficial da União publicou a Portaria nº 62/2021 que coloca fim ao acesso aos dados e informações da Nota Fiscal Eletrônica (NFe) , disponibilizados pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), por terceiros, a partir do dia 1º de dezembro de 2021.

Entre os dados que deixarão de ser fornecidos estão: 

  • CPF (número, situação, nome e data de nascimento)
  • CNPJ (número, razão social, situação cadastral, CNAE, localização do estabelecimento, contatos, sócios.
  • Certidão Negativa de Débitos (números, certidões, data de validade);
  • Nota Fiscal Eletrônica (chave, informações de resposta, eventos);
  • Conhecimento de Embarque-Mercante - Consulta da Data da Última Atualização;
  • Manifesto - Consulta da Data da Última Atualização;
  • Escala - Consulta da Data da Última Atualização;
  • Consulta a Dados Conhecimento de Transporte Marítimo (CE-Mercante);
  • Consulta a Dados do Manifesto Marítimo;
  • Declaração de Importação - Consulta à Data da Última Atualização;
  • Consulta à Declaração de Importação.

Vale lembrar que a Receita Federal já prorrogou a entrada em vigor desta medida outras vezes.

Impactos

De acordo com Danilo Campos, contador e sócio do escritório DWC Contábil, o sigilo é importante para as empresas.

“Exitem empresas que fazem qualquer coisa para saber quais mercadorias e insumos os fornecedores de seus concorrentes fornecem e a que preço”, explica.

Contudo, ainda existem mecanismos automatizados em plataformas digitais, que facilitam e viabilizam o manuseio dessas informações.

“Um exemplo, são as plataformas que geram a Danfe somente com a chave de acesso da NFe, sem a necessidade de um certificado digital”.

Por outro lado, esse bloqueio deve dificultar a rotina dos escritórios contábeis.

“As informações hospedadas no Serpro são muito utilizadas pelos escritórios e seu bloqueio tornará o processo mais demorado. Com a medida, a consulta só poderá ser feita pelas empresas que tenham se relacionado com o cliente e fornecedor”, finaliza.

Confira a portaria na íntegra.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Inscritos no CONBCON 2021 ganham prêmios.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>