x

IMPOSTO DE RENDA

RFB repassa R$ 7,9 milhões ao fundo da criança e R$ 1,6 milhão ao do idoso com destinações do IRPF

Os valores destinados são de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física que não puderem ser creditados aos fundos antes.

26/05/2022 10:00:02

8,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

RFB repassa R$ 7,9 milhões ao fundo da criança e R$ 1,6 milhão ao do idoso com destinações do IRPF Fotos: Marcos Santos/USP Imagens

No dia 29 de abril deste ano, a Receita Federal do Brasil (RFB) realizou o repasse Multiexercício 2022 aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA) e aos Fundos dos Direitos da Pessoa Idosa (FDI).

Os valores pagos aos fundos se referem à destinações que foram feitas diretamente na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) entre os anos de 2013 a 2021 e que não puderam ser creditadas aos fundos antes por inconsistências cadastrais ou bancárias, por isso estavam pendentes de repasse.

Nesta ocasião, foram destinados R$7.987.922,15 a 319 Fundos da Criança, correspondendo a 7693 destinações, e R$1.683.900,98 a 57 Fundos do Idoso, correspondendo a 1217 destinações.

Ainda existem repasses pendentes

Diversos fundos ainda têm quantias a receber, mas os valores seguem pendentes pelas contínuas inconsistências cadastrais ou bancárias.

A correção do cadastro dos Fundos da Criança e do Adolescente pode ser feita junto à Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA), do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), basta clicar aqui e seguir o formulário.

A atualização do Fundos do Idoso deve ser feita junto à Secretaria Nacional da Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), também do MMFDH.

7 milhões de contribuintes ainda não entregaram IR 2022

A Receita também divulgou nesta quarta-feira (25) o balanço de entrega do Imposto de Renda 2022, ano-calendário 2021. Segundo o Fisco, até às 16h de ontem, foram recebidas quase 27 milhões de declarações do IRPF 2022, ou seja, 7 milhões de contribuintes ainda não prestaram contas com o Leão.

Lembrando que faltando apenas cinco dias para o encerramento do prazo final da Receita Federal, que orienta que os contribuintes não deixem para transmitir os documentos na última hora. São esperadas 34 milhões de declarações.

O atraso no envio da declaração pode gerar multa que varia de de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda, com valor mínimo de multa de R$ 165,74..

Também na próxima terça-feira, começa o calendário de pagamentos da restituição do IR 2022. Confira o calendário completo abaixo: 

1º lote: 31 de maio

2º lote: 30 de junho

3º lote: 29 de julho

4º lote: 31 de agosto

5º lote: 30 de setembro

 

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.