x

TRABALHISTA

FGTS: saque-aniversário já está disponível para nascidos em agosto

Os valores foram disponibilizados nesta segunda-feira (1) para os solicitantes que fazem aniversário neste mês de agosto.

02/08/2022 10:15:02

6,3 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

FGTS: saque-aniversário já está disponível para nascidos em agosto Foto: Marcos Santos/USP IMagens

Trabalhadores que tenham nascido em agosto e aderiram à modalidade do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já podem fazer a retirada dos valores, que começou no dia 1º de agosto e vai até 31 de outubro.

O saque é opcional aos colaboradores e quem estiver interessado em aderir, precisa informar a Caixa Econômica, responsável pelos pagamentos. Quem preferir manter o saque-rescisão, modalidade tradicional do FGTS, não precisa fazer nenhum comunicado.

O saque-aniversário fica disponível por três meses a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador.

Por isso, podem sacar os valores em agosto os nascidos em junho, que optam pela modalidade, com prazo final de retirada no dia 31 deste mês e também os aniversariantes de julho, que podem receber a quantia até o dia 30 de setembro.

Caso o saque não seja realizado até a data, a quantia retorna automaticamente ao fundo de garantia do trabalhador.

Desde que a modalidade foi lançada, em abril de 2020, o saque-aniversário do FGTS teve adesão de mais de 21 milhões de colaboradores, injetando mais de R$31 bilhões na economia.

Como funciona o saque-aniversário

O saque-aniversário permite a retirada de uma quantia parcial do fundo total do FGTS do trabalhador, que depois não terá mais acesso ao valor na íntegra devido aos saques. Essa decisão não interfere nas multas rescisórias e outros direitos na demissão por justa causa.

A Caixa oferece o site do FGTS ou o aplicativo “Caixa FGTS”, disponível para smartphones, para que o trabalhador com conta ativa ou inativa, faça a adesão

Quem decidir pelo saque e quiser reverter a decisão, terá que esperar até 24 meses para a mudança fazer efeito. Aqueles que preferem ficar com a modalidade tradicional, o saque-rescisão, não precisam fazer nada.

Limites da modalidade

No saque-aniversário existe um limite disponibilizado para cada retirada, que será correspondente a um percentual do saldo da conta do trabalhador. 

Para contas que tenham saldo de até R$500, será liberado 50% do saldo. Quem possuir mais de R$500, os saques serão acrescidos de uma parcela fixa. Portanto, os cotistas com saldo menor poderão sacar anualmente percentuais maiores.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.