x

NOVO GOLPE

Receita alerta para golpe do empréstimo ou financiamento; confira como se proteger

Criminosos estão usando os Correios para aplicar novo tipo de golpe.

06/02/2023 17:00:07

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Golpe do financiamento ou empréstimo; veja cuidados

Receita alerta para golpe do empréstimo ou financiamento; confira como se proteger Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Criminosos estão usando os Correios para aplicar um novo tipo de golpe.

Segundo o alerta da Receita Federal, os criminosos têm enviado notificações falsas, em nome do órgão, para pessoas que fazem negociações de empréstimos ou financiamento com bancos, exigindo pagamento de imposto para “facilitar” essas transações.

A Receita explicou que o crime é feito da seguinte maneira: por meio dos Correios, quadrilhas especializadas enviam um documento com marca da Receita Federal, para pessoas que estão realizando negociações com instituições financeiras.

Os criminosos então alegam que o crédito só “será desbloqueado” com o pagamento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Para praticar o golpe, os criminosos usam notificações e documentos de arrecadação falsos. 

Assim, de acordo com a Receita, induzem a vítima a pagar taxas inexistentes para a suposta liberação do dinheiro.

O órgão alerta ainda, que o documento falso enviado pelos criminosos contém dados bancários para depósito e assinatura também fraudulenta.

Segundo a Receita, o recolhimento do IOF é feito exclusivamente por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) .

Além disso, a cobrança e o recolhimento são efetuados pelo responsável tributário, ou seja, pela instituição financeira que concede o crédito ao cliente, não pela Receita Federal.

No alerta, o órgão orientou as pessoas a procurar a polícia caso recebam essas notificações falsas. 

Além disso, as vítimas devem guardar as provas para poder registrar o boletim de ocorrência.

Como se proteger

  • Ficar atento a erros de português, informações confusas ou incorretas e orientações desencontradas;
  • A Receita Federal não envia mensagens por SMS ou por aplicativos de mensagem, como o WhatsApp;
  • Também não envia e-mail, a menos que seja em resposta a demanda do próprio contribuinte, como, por exemplo, atendimento de CPF via caixa corporativa institucional.

Atenção, também, para outros tipos de golpes envolvendo o nome da Receita Federal:

  • Golpe da restituição de imposto: fraudadores utilizam a informação “Consta um saldo residual do seu último IRPF” para atrair possíveis vítimas;
  • Golpes relacionados a guias do Simples Nacional para pagamento via Pix: Ao tentar realizar o pagamento via PIX, o sistema aponta para uma empresa privada;
  • Golpes para regularizar CPF: independentemente da situação do seu CPF, contribuintes recebem mensagens através de SMS, WhatsApp e até e-mails informando que estão com a situação irregular junto à Receita Federal. As mensagens contêm links que induzem o contribuinte a recolher uma taxa falsa para a finalidade de regularização do CPF;
  • 'Golpes do Amor' e suas variantes: ocorrem após o envolvimento emocional das vítimas, com promessa de envio de falsos presentes e até de contratos de trabalho à distância.

Fonte do g1 

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.