x

Imposto de Renda

Estratégias para reduzir o Imposto de Renda: opções legais e benefícios fiscais

Conheça as formas legais de otimizar sua declaração, desde reunir comprovantes de despesas médicas até avaliar se vale a pena declarar em conjunto com o cônjuge.

21/02/2024 11:00:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Como pagar menos Imposto de Renda de forma legal

Estratégias para reduzir o Imposto de Renda: opções legais e benefícios fiscais Foto: Pixabay

O período de entrega do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2024 está chegando e, como todos os anos, milhares de contribuintes devem ter contas para acertar com o Fisco.

Por isso, muitos buscam maneiras legais de otimizar o pagamento de imposto de renda e algumas práticas podem ser adotadas para minimizar os valores a serem recolhidos dentro da legislação brasileira.

A Receita Federal oferece opções de declaração completa e simplificada para o Imposto de Renda Pessoa Física. A decisão entre elas impacta diretamente no valor a ser pago, sendo crucial analisar anualmente qual se adequa melhor, considerando todas as variáveis para a redução do imposto.

Desconto do IR varia entre modelos

Na declaração completa, o contribuinte pode abater despesas dedutíveis, enquanto na simplificada, o desconto padrão de 20% sobre os rendimentos tributáveis é aplicado. O programa da Receita Federal avalia a opção mais vantajosa para o contribuinte, possibilitando redução do IR pago com gastos em áreas como educação e saúde.

Pontos de declaração completa para redução de imposto

Reunir comprovantes de despesas dedutíveis: gastos com saúde, educação, pensão alimentícia e contribuições ao Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) são dedutíveis, proporcionando uma redução prática nos impostos.

Declarar gastos com reforma de imóveis: despesas com construção, ampliação e pequenas obras podem ser consideradas como custo, influenciando lucro e ganho de capital na venda.

Avaliar declaração em conjunto com o cônjuge: somar a receita do casal pode permitir pular uma faixa de tributação, impactando diretamente no valor devido. Vale a pena analisar os benefícios dessa estratégia.

Incluir despesas com educação de dependentes com deficiência como gastos médicos: despesas educacionais para dependentes com deficiência são totalmente dedutíveis, sem limite de abatimento, mediante comprovação por laudo médico.

Adotar essas estratégias de forma consciente e dentro dos parâmetros legais pode proporcionar uma redução significativa do imposto de renda a pagar, aliviando o impacto financeiro sobre os contribuintes.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.