Contábeis o portal da profissão contábil

16
Aug 2018
10:44
DIA 13 SEGUNDA

O Maior Evento Online Brasileiro de Contabilidade

Gratuito 100% online

VEJA AS PALESTRAS DE HOJE

DIA 13 SEGUNDA

13 a 17 de agosto de 2018

www.conbcon.com.br

O Maior Evento Online Brasileiro de Contabilidade

100% online Gratuito
Marcelo Voight Bianchi

Marcelo Voight Bianchi

Gestão Empresas Contábeis

Empresa Contábil: Um Grande Negócio do Século XXI

Domingos Vasco

Domingos Vasco

Tributário e Trabalhista

Aspectos Legais e Gerais do eSocial

Fernanda Rocha

Fernanda Rocha

Empreendedorismo

Contabilidade Consultiva: o Caminho da Riqueza e da Prosperidade

Gilberto Cunha

Gilberto Cunha

Empreendedorismo

Quero comprar de você

Fátima Roden

Fátima Roden

Tributário e Trabalhista

Alterações a partir de 2018 em relação ao ISS e ISS fixo no Simples Nacional

Adriano Vermolhem

Adriano Vermolhem

Gestão Empresas Contábeis

Marketing Digital na prática para Escritório Contábeis

Divane Alves

Divane Alves

Normas Contábeis

Normas Contábeis - Surgimento e Aplicação

Gabriel Manes

Gabriel Manes

Tecnologia

Como conquistar produtividade, satisfação do cliente e crescimento

Vanildo Veras

Vanildo Veras

Empreendedorismo

Excelência ou sorte, eis a questão

Cláudio Miranda

Cláudio Miranda

Formação Profissional

Turnover de pessoal e qualidade de vida no trabalho nas Empresas de Auditoria Externa

Alizete Alves

Alizete Alves

Tributário e Trabalhista

16:00 - eSocial - Impactos e ações para uma entrega de sucesso

Fernando Almeida

Fernando Almeida

Formação Profissional

Como elaborar um projeto de pesquisa?

Mauro Negruni

Mauro Negruni

Tributário

Resultados do novo modelo da DCTFWeb

Rogério Fameli

Rogério Fameli

Gestão Empresas Contábeis

Marketing Digital de Performance e Captação de Clientes de Contabilidade

Gilmar Duarte

Gilmar Duarte

Gestão Empresas Contábeis

Honorários Contábeis: Segredos da precificação

Paulo Vaz

Paulo Vaz

Gestão Empresas Contábeis

Contabilidade Digital e on-line: Aspectos de Estratégicos

Isis Abbud

Isis Abbud

Empreendedorismo

Contadores conseguem inovar?

José Luiz Fondacaro

José Luiz Fondacaro

Tributário e Trabalhista

Fim do Emissor do Cupom Fiscal - E Agora?

Hélio Donin

Hélio Donin

Tecnologia

Contabilidade e as ferramentas tecnológicas da atualidade

Vinicius Roveda

Vinicius Roveda

Tecnologia

Transformação do mercado contábil: de 2015 a 2020

Christiano Santos

Christiano Santos

Normas Contábeis

CPC/IFRS 17 Contratos de Seguros

Simoní Pechebela

Simoní Pechebela

Tributário

Código GTIN validação e obrigatoriedade aplicada a NF-e e NFC-e

PERDEU AS PALESTRAS DE ONTEM? CLIQUE AQUI

MAIS PALESTRAS DE HOJE

« »

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Pisos Diferenciados - Sinthoresp - Termo Aditivo 2017/ 2019

8respostas
1.564acessos
  

Yeda Jim

Usuário Novo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens23
pontos193
membro desde11/10/2007
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 14:41:32
Boa tarde, colegas...

Os senhores já tomaram conhecimento do Termo Aditivo do Sinthoresp 2017/2019 onde muda completamente a política dos pisos salariais?
Antes, havia o enquadramento pelo porte da empresa e agora isso mudou: o enquadramento é pelos beneficios disponibilizados aos trabalhadores.

Alguns pontos importantes:

1. Para a empresa ter direito a pagar um piso menor deverá disponibilizar: plano de saúde, PLR e adoção do Termo de Implantação de Gorgetas Compulsórias (para o piso diferenciado I) e o Termo de Adoção de Gorgetas Espontâneas (para o Piso diferenciado II). Se não adotar o Piso I ou o piso II, entrará para o Piso "normal" de R$ 1.500,00

Até aí, tudo bem.

Ocorre que, para e empresa adotar os pisos diferenciados ( I ou II), deverá entrar em contato com o Sindicato Patronal para que esse Sindicato expeça os Termos de Implantação de Gorgetas e o Termo de Pisos Diferenciados. Preço? R$ 500,00 CADA TERMO (para empresas com até 05 empregados). Se tiver mais funcionários, é mais caro. Além disso, deverá pagar uma MENSALIDADE de r$ 50,00 para o Sindicato Patronal (valor até 05 empregados) e ESTAR QUITE COM AS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS dos últimos 05 anos.


(Eu entendo que empresas do Simples não são obrigadas a pagar Sindical Patronal)

Ora. Ficou muito claro pra mim que essa foi uma forma encontrada de obrigar indiretamente a empresa a financiar Sindicatos Patronais, pois, sem esses Termos (que só são expedidos pelos Sindicatos Patronais) ele deverá pagar o Piso Normal de R$ 1500,00 e será obrigadas a fazer HOMOLOGAÇÃO ( a empresa que adotar os Termos estará dispensada da homologação).

O que os Srs. acham disso?
Não acho correto uma empresa do Simples Nacional ter que pagar Contribuições Sindicais Patronais (em atraso) para ter acesso aos Termos de Piso Diferenciado.

Será que não seria melhor adotar o Piso Normal de R$ 1500,00 e ficar livre de todas essas contribuições/burocracias com o Sindicato Patronal, ainda que tenhamos que homologar?

Esse foi meu entendimento de tudo o que eu li. Caso eu não tenha compreendido algo direito, solicito correções para troca de ideias e e ampliação do debate sobre esse assunto.

Grata!



Nathália

Usuário Estrela de Prata

profissãoEncarregado(a) Pessoal
mensagens567
pontos3.168
membro desde27/03/2012
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 14:49:18
Yeda Jim,

Boa tarde!

Suas considerações e entendimentos a respeito do assunto estão totalmente corretos.

Concordo com você em tudo.

Na semana passada informei os clientes com que trabalho e eles optaram pelo piso de R$ 1.500,00 pois infelizmente vimos que o sindicato adotou essa medida como forma de tentar recuperar a receita que eles perderam após reforma trabalhista.

Atenciosamente,
Nathália
Yeda Jim

Usuário Novo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens23
pontos193
membro desde11/10/2007
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 15:26:30
Obrigada por responder, Nathalia!

Outro ponto importante, que não mencionei, é que as empresas que não optarem pelos pisos diferenciados (I ou II) não poderão também contratar HORISTAS e terão um seguro de vida mais caro, pois as coberturas são maiores (ainda não fiz nova cotação).

Se alguém quiser acrescentar algo, agradeço.

Att,

Yeda
Nathália

Usuário Estrela de Prata

profissãoEncarregado(a) Pessoal
mensagens567
pontos3.168
membro desde27/03/2012
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 15:42:13
Yeda,

Nas cláusulas 65 e 66 também há diferenciação de valores para quem implantar o termo de pisos diferenciados e para as demais empresas, respectivamente, Manutenção de Uniforme e Quebra de Caixa.

Atenciosamente,
Nathália
Yeda Jim

Usuário Novo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens23
pontos193
membro desde11/10/2007
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 15:53:12
Outra questão que me lembrei: equiparação salarial.

Esse novo piso de R$ 1.500,00 para as empresas que não optarem pelos Pisos Diferenciados, seriam para os novos funcionários contratados a partir de 01/07/2018, correto?

Sendo assim, se aplicados os índices de reajuste aos funcionários antigos (2% em 07/2018 e 10% em 09/2018 cumulativamente), esse pessoal que entrar após 01/07/2018 no piso de r$ 1500,00 ficará com salario maior que os antigos.

Os tais Termos de Pisos Diferenciados "protegem" a empresa de pedidos de equiparação salarial.

Como fazer?

Colocar todos os funcionários (novos e antigos) com piso de r$ 1.500,00 para evitar problemas futuros?
Nathália

Usuário Estrela de Prata

profissãoEncarregado(a) Pessoal
mensagens567
pontos3.168
membro desde27/03/2012
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 16:36:39
Coloquei todos os funcionários com R$ 1.500,00 e os que recebiam acima desse valor, reajuste de 2 e 10%.

Atenciosamente,
Nathália
Yeda Jim

Usuário Novo

profissãoTécnico Contabilidade
mensagens23
pontos193
membro desde11/10/2007
cidadeMogi das Cruzes - SP
Postada:Terça-Feira, 17 de julho de 2018 às 20:13:07
Ok, obrigada...
Valéria Onorato

Usuário 5 Estrelas

profissãoAssistente Recursos Humanos
mensagens185
pontos1.057
membro desde03/04/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quarta-Feira, 18 de julho de 2018 às 08:45:59
Pessoal, bom dia!

Podem me informar como funciona esse Termos de Implantação de Gorgetas ?
Osvaldo Moreira

Usuário Novo

profissãoEncarregado(a) Pessoal
mensagens20
pontos144
membro desde16/10/2007
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 10 de agosto de 2018 às 09:59:37
bom dia,

Nao é só isso. se as empresas optarem plelo piso de R$ 1.500,00, também terão que colocar como estimativa de gorjetas o Valor de R$ 1.500,00
para todos os funcionários do estabelecimento.

o que fará a empresa pagar mais inss, fgts, etc.

Resumindo é um sindicato que não está nem ahi por seus representados, só querem manter suas mordomias

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César