MOMENTO CONTÁBEIS

Tabela de IR sem reajuste | Revisão no EPC | Piso salarial da sua categoria

Contábeis o portal da profissão contábil

20
Sep 2018
02:35

artigo

Qual é o custo dos colaboradores de sua empresa?

As crianças desejam ardentemente um brinquedo e muitas vezes desistem dele depois de algumas horas, pois descobrem que o mesmo não é como pensavam. Cuidado para não brincar de empresa, pois o prejuízo pode ser grande.

14/10/2015 11:52

6.321 acessos

precificação honorário

Cerca de 80% dos jovens entrevistados têm o sonho de ser empresário nos próximos 10 anos, de acordo com a pesquisa “Perfil do LIDE FUTURO”, realizada em 2013 pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e disponível em http://exame.abril.com.br/pme/noticias/empreendedorismo-e-foco-de-jovens-brasileiros-diz-pesquisa. Será que este contingente virá mais bem preparado para precificar e administrar todos os custos que envolvem a boa gestão de uma empresa?

A taxa de sobrevivência das empresas melhorou significativamente nos últimos dez anos, mas a mortalidade, infelizmente, ainda é alta. Segundo o Serviço de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (Sebrae), a mortalidade das empresas brasileiras nos primeiros dois anos é de, aproximadamente, 26%. Em até cinco anos, 62% das empresas encerram suas atividades.

É esperado que os novos empreendedores se capacitem nas diversas áreas que abrangem a dimensão da empresa, mas especialmente na tarefa de calcular e definir o preço de venda dos serviços e produtos, pois é neste momento que se estabelece o lucro necessário para a empresa superar a barreira dos cinco anos e, quem sabe, se tornar uma empresa longeva.

Conhecer o custo do colaborador não é um ofício superficial, mas exige o domínio teórico, informações completas e muita dedicação. Além do salário, tudo o que é prescrito para manter o colaborador legalmente, isto é, os benefícios diretos e indiretos, devem ser adicionados: prêmios, horas extras, adicional de insalubridade, planos de saúde, alimentação, uniforme, transporte, auxílio faculdade. Outros dispêndios indispensáveis de valorizar são a Previdência Social, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) , décimo terceiro salário, férias, terço constitucional e aviso prévio indenizado, entre outros que oscilam de acordo com o desejo da empresa ou da negociação sindical.

A despesa total com o colaborador facilmente poderá dobrar o salário inicial e, dependendo do ramo de atividade, representar até 60% do faturamento bruto da empresa. Sim, é assustador, especialmente para aqueles que não sabem e não procuram auxílio para calcular corretamente os valores que compõem o preço ofertado.

Na Pesquisa Nacional das Empresas Contábeis (PNEC) realizada em 2013 apurou-se que os colaboradores demandam 45,23% do faturamento bruto. Neste percentual não está incluso o pró-labore dos proprietários e/ou diretores. (http://gilmarduarte.com.br/pesquisa-nacional-das-empresas-contabeis-pnec-revela-informacoes-importantes/)

Para compor o percentual do desembolso com os colaboradores em sua empresa some todos os custos relacionados a eles, conforme detalhado acima, e divida o resultado pelo faturamento médio mensal. Acompanhe este indicador mensalmente e procure reduzi-lo, o que é possível fazer sem demitir funcionários, mas tornando-os mais produtivos.

De posse destas informações busque os demais custos e descubra qual é o lucro líquido da sua empresa. Se encontrar prejuízo ou lucro muito baixo, talvez seja propício corrigir a rota do seu negócio.

Escrito por

Gilmar Duarte

Palestrante, autor dos livros "Honorários Contábeis" e "Como Ganhar Dinheiro na Prestação de Serviços", contador, diretor do Grupo Dygran e membro da Copsec do Sescap/PR. www.gilmarduarte.com.br ------ facebook.com/GilmarDuartePalestrante

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César