x
2020-06-26T13:09:09-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

CONTABILIDADE

respostas 2

acessos 18

Adicional noturno

há 1 semana Sexta-Feira | 26 junho 2020 | 13:09

Ola! Boa tarde, trabalho como vigia pra uma empresa, trabalhei 6 meses numa escala de 24 por 24 sem receber adicional noturno. 
Hj trabalho numa escala de 24 por 24 e depois folgo 48 . Queria saber se tenho direito ao adicional noturno. 
Lembrando q até agora n acinaram minha carteira de trabalho.

há 1 semana Sexta-Feira | 26 junho 2020 | 13:16

Ronivon boa tarde

Todo empregado que trabalha entre às 22h e às 5h tem direito a receber o Adicional Noturno. É um acréscimo obrigatório por lei que é pago para compensar o desgaste à integridade física do empregado.

O empregador terá o prazo de 05 (cinco) dias úteis para anotar na CTPS, em relação aos trabalhadores que admitir, a data de admissão, a remuneração e as condições especiais, se houver, facultada a adoção de sistema manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções a serem expedidas pelo Ministério da Economia.

Confirme nessa empresa, se ela ainda usa a CTPS em papel pois está caindo em desuso, pode ser que vc já esteja registrado no E-Social e nem saiba.

Abç

Telma, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário
há 1 semana Sexta-Feira | 26 junho 2020 | 14:08

Boa tarde Ronivon, bom primeiramente quanto tempo você trabalhou na primeira empresa? Bom o que posso te dizer no caso da primeira empresa é que todo o trabalhador que trabalha entre as 22h ás 5 h, tem direito a receber adicional noturno. Trata-se de um acréscimo obrigatório por lei que é pago para compensar o desgaste a integridade física do empregado.  Bom em termos da escala ou encontrei na CLT a escala de 20 horas trabalhadas da ao funcionário o direito a 48 horas de descanso, acredito se você trabalha 48 horas seguidas teria que ter direito a quatro dias de folga. E claro o adicional noturno. se quiser te faço o calculo desse adicional?

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.