x
2015-09-16T10:39:22-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 9.076

acessos 1.041.559

Simples Doméstico *** e-Social

há 4 anos Terça-Feira | 26 janeiro 2016 | 11:19

Obrigada Márcio Padilha Melo pela resposta.


Em dezembro paguei as férias da empregada no prazo 04/01 a 02/02/2016 o recibo ficou certo e até já recolhi o IRRF gerado.
Agora ao emitir a guia de janeiro eu somei à remuneração dela o valor de 1/3 de férias.
O INSS gerado está correto, foi lançado o IRRF que está no recibo que eu paguei em dezembro/2015.

A guia foi gerada e o recibo de salário é exatamente igual ao recibo de férias (que ela recebeu dia 30/12), não teria que aparecer os dias de janeiro que não são férias?

Nesse caso ela teria direito de receber os 03 dias de janeiro? O início das férias dela foi 04/01 segunda-feira primeiro dia útil de férias.

O problema é que não aparecem os 03 dias de janeiro. Como posso fazer para que constem na folha os 3 dias de janeiro?
É preciso reabrir a folha e eu mesma posso lançar? Não aparece a remuneração como férias e o recibo gerado só indica as férias?

Vi umas postagens anteriores falando em marcar saída de férias, eu não fiz isso. Alguém pode me ajudar?

Obrigada

Moderador
há 4 anos Terça-Feira | 26 janeiro 2016 | 13:56

Luciano Silva de Almeida,

Boa tarde. Provavelmente vai mudar, já que até setembro/2015 a contribuição patronal (dedutível no IRPF) era de 12% e a partir de outubro/2015 baixou para 8%.

há 4 anos Terça-Feira | 26 janeiro 2016 | 18:26

Boa tarde Pessoal,

Como o salário minimo teve alteração agora em Janeiro de 2016, o piso das domésticas também deve ser alterado a partir de Janeiro, alguém já tem algum valor não achei nada a respeito, e se não achou, esta fazendo as guias com o valor antigo.



Att.

Michelle Ferreira

Michelle Ferreira
há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 09:30

Pessoal, voltei algumas páginas mas não encontrei o que eu procurava.

Estou fazendo uma rescisão de uma doméstica registrada em 09/2014 que passou a recolher FGTS obrigatório em 10/2015.

As dúvidas:

1) A multa GRRF não precisa ser gerada, certo? Ela já foi paga junto com as obrigações. Qual procedimento devo tomar?

2) Preciso gerar a chave de movimentação do FGTS, como faço isso?

3) Preciso fornecer o formulário do Seguro Desemprego, uso o empregador web? Mas no caso o empregador não tem certificado digital nem nada do tipo, ou imprimo no formulário antigo mesmo?

Obrigado a todos que ajudarem.

Moderador
há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 10:24

Rosana Marques Cardozo,

Terás de reabrir o movimento de janeiro/2016 e lançar a remuneração dos 03 dias trabalhados.
Entendo que a remuneração de janeiro teria de ser composta de:
03 dias de salário + 28 dias de férias com 1/3
E a remuneração de fevereiro:
02 dias de férias com 1/3 + 28 dias de salário

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 11:06

Bom dia, colegas
Olhei algumas paginas atrás e não consegui achar a minha duvida.
Sobre a licença maternidade - no e social diz assim:

Para empregadas domésticas com afastamento por licença maternidade, o empregador deverá informar o valor do salário contratual no campo "Remuneração Mensal", pois será base de cálculo do FGTS e da Contribuição Previdenciária Patronal. No entanto, o valor da Contribuição Previdenciária da segurada já vem descontado diretamente no benefício recebido pela trabalhadora. Nesse caso, no momento de geração da guia única, o empregador deverá editar o campo "1082-03 - CP Segurados - Empregado Doméstico" e deduzir o valor que seria descontado dessa empregada, mas que já foi deduzido do benefício.

So que no meu sai, como se ela estivesse trabalhado, tudo valores normais e não consigo mudar o valor, alguem já fez e pode me ajudar??

DEsde já agradeço

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 11:06

Bom dia, colegas
Olhei algumas paginas atrás e não consegui achar a minha duvida.
Sobre a licença maternidade - no e social diz assim:

Para empregadas domésticas com afastamento por licença maternidade, o empregador deverá informar o valor do salário contratual no campo "Remuneração Mensal", pois será base de cálculo do FGTS e da Contribuição Previdenciária Patronal. No entanto, o valor da Contribuição Previdenciária da segurada já vem descontado diretamente no benefício recebido pela trabalhadora. Nesse caso, no momento de geração da guia única, o empregador deverá editar o campo "1082-03 - CP Segurados - Empregado Doméstico" e deduzir o valor que seria descontado dessa empregada, mas que já foi deduzido do benefício.

So que no meu sai, como se ela estivesse trabalhado, tudo valores normais e não consigo mudar o valor, alguem já fez e pode me ajudar??

DEsde já agradeço

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 11:28

Andressa,

você tem que editar a guia, e desmarcar o recolhimento do INSS doméstico, só deverá sair o patronal e demais encargos.

Após o encerramento da folha, quando você for gerar a guia, tem uma opção para editar.

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 11:53

Bom dia pessoal, por algum Milagre alguém conseguiu por demissão no sistema, pois tenho uma fun que saiu dia 30/10, e até hoje, ainda não dei baixa ,mas pelo pouco que li por aqui, os problemas ainda continuam os mesmos desde outubro.

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 13:12

Boa tarde, Silvana Lopes!

Como o e-social ainda não disponibilizou a demissão da Doméstica, no e-Social, segue uma orientação postada pelo nosso colega:

Postada:Segunda-Feira, 11 de janeiro de 2016 às 16:37:39
Wanderson Moreira

O melhor seria fazer a rescisão por um sistema de DP, a GRRF gerada pelo site do esocial já da baixa no vinculo entre o empregado e empregador, porém o cadastro fica ativo, por não a opção de gerar a rescisão, é melhor aguardar e não excluir o cadastro do empregado.


Espero que ajude.

" A sabedoria começa na reflexão " - Sócrates
Moderador
há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 13:34

Silvana Lopes,

Se fosse gerou a GRRF e recolheu o INSS no DAE de outubro, então é continuar informando "0,00" na remuneração mensal da empregada, até que a Receita resolva disponibilizar a versão do sistema para efetuar o desligamento.

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 14:25

Raimundo Pereira da Costa
Obrigada pela ajuda, e que fiquei na dúvida, sempre que sai o reajuste do salário minimo o piso do estado de SP tem reajuste também, vou esperar até virar o mês para ver se não teremos o reajuste.



Obrigada.


Att.


Michelle Ferreira

Michelle Ferreira
há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 15:07

Obrigada pessoal,ela pediu demissão ,então sendo assim o vinculo ainda permanece , vamos aguardar para março né , se o Esocial de domesticas está assim, imagina o Esocial empresas que vem pela frente, já estou em panico rsrs.


Obrigada a todos.

há 4 anos Quarta-Feira | 27 janeiro 2016 | 17:29

Pessoal como vcs estão fazendo no reajuste de salário, mudaram o valor na "salario fixo" ou todo mês vão mudando para ter um histórico,se bem que depois que fechada a folha acho que o histórico não muda.

há 4 anos Quinta-Feira | 28 janeiro 2016 | 09:47

Bom dia, Amanda!

Por enquanto, precisa

continuar informando "0,00" na remuneração mensal da empregada, até que a Receita resolva disponibilizar a versão do sistema para efetuar o desligamento
, conforme a dica do nosso colega Márcio Padilha.

" A sabedoria começa na reflexão " - Sócrates
há 4 anos Quinta-Feira | 28 janeiro 2016 | 10:05

Colegas, bom dia!

Pode contratar uma empregada doméstica para trabalhar 05 (cinco) horas por dia, 25 (vinte e cinco) horas semanais?
Se sim, e o salário, posso pegar o salário normal R$880,00 (220) horas, dividir e multiplicar por (125) horas?
Memória de cálculo:
880,00 dividido por 220 horas = 4,00 por hora
4,00 x 125 horas = 500,00 salário mensal
Desde já agradeço a atenção e ajuda.
At.

há 4 anos Quinta-Feira | 28 janeiro 2016 | 10:08

Bom dia,

Ao gerar a DAE de uma empregada que retornou de férias no dia 17/01/2016.

No campo remuneração, coloco o valor líquido referente aos dias que ela recebe, ou, continua o valor do salário normal de contrato?

Obrigado,

Marco Aurélio Gomes dos Santos
(47)9667-7734


Obrigado,

Marco Aurélio Gomes dos Santos
Página 127 de 306
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.