x
2015-09-16T10:39:22-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 9.077

acessos 1.042.593

Simples Doméstico *** e-Social

há 5 anos Segunda-Feira | 16 novembro 2015 | 18:44

Luana Corrêa

verdade

to bastante apreensiva qnt a isso!

o sucesso de amanha, depende do empenho hoje!!!
há 5 anos Segunda-Feira | 16 novembro 2015 | 18:56

Boa Tarde

Preciso da ajuda de vocês para rescisão da doméstica, trabalha desde 13/01/2014 não era pago o FGTS, agora em 01/10/2015 fiz o registro dela no e-social mas em 05/11/2015 ela pediu demissão, qual procedimento preciso fazer?

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 08:15

Wanderson Moreira,

Bom Dia! Também tive rescisão no mês de Outubro, não consegui fazer, fiz pelo Sistema de Folha de Pagamento que utilizo, depois, quando liberarem o campo de desligamento, eu tento colocar a data, existe esse campo, mas quando coloco a data, dá erro.

Cordialmente
Roberta Rodrigues.
"Aquilo que repartir, multiplicar-se-á .Aquilo que não compartilhar, dividir-se-á e desaparecerá."
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 08:17

Luiza Farias,

Bom Dia! Há dias eu venho acompanhando que você tem esse erro, confesso que aqui, não me deu erro, será que não é alguma configuração do navegador? Você tem algum técnico de informática que possa te ajudar?

Cordialmente
Roberta Rodrigues.
"Aquilo que repartir, multiplicar-se-á .Aquilo que não compartilhar, dividir-se-á e desaparecerá."
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 08:36

Bom dia !!
Algum Colega esta sabendo se devemos recolher a guia DAE ou devemos Aguardar uma Nova DAE...devido estas Informacoes que foram Informadas..

Simples Doméstico de outubro apresenta erros e pode sofrer alterações

Boleto emitido pelo sistema do governo não inclui o nome do empregado, falha contraria o previsto pela PEC das Domésticas

O boleto unificado com os encargos do emprego doméstico apresenta um novo problema: o documento não inclui as informações do empregado. O erro contraria o previsto pela Lei Complementar 150/2015. O portal Doméstica Legal enviou ao Governo uma sugestão com alterações para que o DAE (Documento de Arrecadação do eSocial) fique adequado à legislação.

A data limite para o recolhimento do Simples Doméstico foi alterada do dia 06 para 30 de novembro, conforme a portaria 686 de 04/11. Para o Presidente do Portal Doméstica Legal, Mario Avelino, o melhor caminho é aguardar a definição do governo sobre o documento. Quem já imprimiu a guia, guarde o documento, mas ainda não efetue o pagamento. E quem não imprimiu ainda, aconselho que aguarde até o dia 16 de novembro, próxima segunda-feira quando acreditamos que já teremos novas notícias sobre o Simples Doméstico e seu respectivo pagamento”, recomenda o especialista em emprego doméstico.

Quem já pagou a guia emitida com a data de vencimento para dia 06 ou 30, o recolhimento é válido e deve aguardar novas orientações do governo com relação a identificação do empregado.

No link .. aparece o modelo atual e o que deveria ser gerado..

http://domesticalegalnoticias.blogspot.com.br/2015/11/simples-domestico-de-outubro-apresenta.html

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 08:41

Naor Fraga Eguti,


Bom Dia!

Realmente, no meu caso, o empregador têm duas domésticas e vieram tudo em uma guia só.
O que eu li foi o seguinte, que quem gerou do dia 01/11 a 03/11 foi gerado com erros a Guia.
Até eles ajustarem o eSocial para nós usarmos, teremos mtos problemas.

Cordialmente
Roberta Rodrigues.
"Aquilo que repartir, multiplicar-se-á .Aquilo que não compartilhar, dividir-se-á e desaparecerá."
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:06

Bom dia

Estou com a seguinte mensagem no e Social:

Sr. Empregador,
Foi identificado um erro no cálculo do valor devido referente à Contribuição Descontada do Empregado, para o mês de outubro/2015.
Favor reabrir a folha de pagamento desse mês, encerrá-la novamente e proceder à nova emissão da guia.

Atenção: Só pague essa nova guia, caso ainda não tenha efetuado o pagamento da anterior.

Alguém sabe o que isso siginifica? Seu eu reabrir a folha de pagamento de outubro será gerada outra guia para pagar, pois eu já efetuei o pagamento no dia 06/11.

Amanda Botelho do Couto Caetano.

** Porque tudo o que vem de Deus é leve, simples e cheio de paz!! **
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:07

Bom dia

Roberta você postou que fez a rescisão pela sistema folha de pagamento, mas no meu caso é pedido de demissão não tem imposto a pagar na GRRF vou fazer o valor a pagar para ela como antigamente no word mesmo, só para comprovar que paguei , e depois só informar no e-social? não vai gerar multa no sistema do e-social?

Att.

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:08

E como ficará a guia para quem tem mais de um empregado? Sairá o nome de todos eles no cabeçalho?

E outra, o manual diz que temos que tirar uma cópia do DAE e seu respectivo comprovante de pagamento e entregar ao funcionário. Então digamos que eu tenha três empregados... vou fazer a guia com o valor dos três funcionários e entregar uma cópia para cada um deles?

Confesso que não concordo muito... passar uma informação pessoal de um funcionário para outros funcionários.

Muito confuso!

Atenciosamente
Eliane Rezende
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:11

Amanda Botelho do Couto Caetano

Provavelmente sua guia original foi gerada em 03/11/2015, data essa que teve inúmeros erros. Provavelmente os valores recolhidos estão errados.

Como você já pagou, terá que aguardar para ver novos pronunciamentos da Receita sobre o fato.

Atenciosamente
Eliane Rezende
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:18

Quando irão liberar para processamento do 13º salário e folha de novembro?

Deixam para liberar em cima da hora aí aparece um monte de erros!!

---
"Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela."
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:25

Bom dia!!

Alguém já conseguiu registar aviso de férias no eSocial? Estou tentando registrar para 15 dias, mas ele deixa apenas 20 de férias e 10 de abono, ou 30 dias de férias.
Porém na LC 150/2015 :

" Art. 17. O empregado doméstico terá direito a férias anuais remuneradas de 30 (trinta) dias, salvo o disposto no § 3o do art. 3o, com acréscimo de, pelo menos, um terço do salário normal, após cada período de 12 (doze) meses de trabalho prestado à mesma pessoa ou família. (...)

§ 2o O período de férias poderá, a critério do empregador, ser fracionado em até 2 (dois) períodos, sendo 1 (um) deles de, no mínimo, 14 (quatorze) dias corridos. (...)"


Ou seja, é permitido conceder em dois períodos de 15 dias, mas o eSocial não nos dá esta opção.
Alguém tem algum caso parecido?

Obrigada!

Bianca Hidalgo
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 09:51

Extremamente Complicado!!Trabalhar na Area de Recursos humanos é para quem "Gosta Mesmo"...rsrs...

Sobre o Dissidio Coletivo

Referente a Data Base ? Vale para os Empregados Domesticos ?
O Mês de Dissidio é no Mês de Janeiro .. Pode Fazer Rescisao com Dispensa sem Justa Causa no Mês 12/2015...

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 10:12

Bom dia!
Tenho uma empregada doméstica afastada pelo INSS a partir do dia 06/10/2015.
Para gerar a folha, em remuneração mensal coloquei apenas o valor de 5 dias trabalhados, gerei a guia, tudo certinho.
Mas ontem vi que eles acrescentaram a seguinte mensagem no ESOCIAL:
"Caso o afastamento ocorra durante todo o mês, os valores relativos ao salário contratual não devem ser informados no campo "Remuneração Mensal". Se houver dias trabalhados e com afastamento no mesmo mês, o valor dos dias trabalhados deverá ser incluído no campo "Remuneração Mensal" e o valor do salário contratual referente aos dias de afastamento deverá ser informado apenas na guia específica gerada para Caixa Econômica Federal."

Alguém sabe me dizer qual é essa guia específica da Caixa?? E como devo fazer?

Moderador
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 10:26

Naor Fraga Eguti,

Bom dia. Não vejo motivo para aparecer a identificação do empregado, no DAE. Na GRF/GPS das empresas não aparece e isso não é problema, o empregado tem outros meios de acompanhar o recolhimento dos encargos.
Como disse a Eliane, quem tem três empregados, então apareceria os dados de todos na guia?

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 10:41

Bom dia!

Sobre a falta de dados dos empregados domésticos na guia DAE, e levando em consideração que tem empregador que tem mais de um empregado doméstico, a solução mais sensata é imprimir o relatório da folha e anexar a guia recolhida.

abçs!

Jorge Luiz Alves Bezerra
Supervisor, coordenador, palestrante, consultor
Legislação Trabalhista e Previdenciária

Site: http://www.jltreinamentoeconsultoria.blogspot.com
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
email: jltreinamentoeconsultoria@gmail.com
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 10:46

Jorge Luiz Alves Bezerra

Concordo com você. Essa deveria ser a orientação.

Quanto a acompanhar o pagamento dos encargos deveria ser igual aos demais trabalhadores... tem dúvidas, vai na Caixa e solicita o extrato.

Se o intuito desse programa é igualar o domestico aos demais trabalhadores, por que o tratamento diferenciado?????

AFF... desculpe o desabafo.

Atenciosamente
Eliane Rezende
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 10:47

Temos empregadores Domesticos que na epoca que saiu o Esocial com Matricula CEI...ja estavam recolhendo o FGTS foram feitos os Certificados Digitais .. precisei Gerar uma Rescisao no Mês 11/2015... Tirei o Extrato do Empregado e o INTERESSANTE , que no Extrato Não Aparece o Nº da Matricula CEI e Sim o CPF do Empregador...

Como o Empregador nao Recolheu ainda o DAE 10/2015 ... apenas adicionei o Valor do FGTS 10/2015 no Mês 11/2015, gerei a Multa Rescisoria no

http://www.grfempregadodomestico.caixa.gov.br/

Gostaria de Saber se algum Cliente de vocês com empregador Domestico ja tenha recolhido este DAE 10/2015 e o mesmo ja ter caido na conta do FGTS. ..

Obrigado!!

há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 11:00

Eliane,

Acredito que a partir do momento da liberação do eSocial para as empresas de maneira geral, teremos o 'canal do empregado' para que ele próprio possa ter acesso aos pagamentos de encargos, assim como o empregador também.

Pelo menos é o que prevê a legislação e em todas as palestras que tenho visto é evidenciado isso.

Jorge Luiz Alves Bezerra
Supervisor, coordenador, palestrante, consultor
Legislação Trabalhista e Previdenciária

Site: http://www.jltreinamentoeconsultoria.blogspot.com
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
email: jltreinamentoeconsultoria@gmail.com
há 5 anos Terça-Feira | 17 novembro 2015 | 11:57

Estou com um problema com o recolhimento de IRRF sobre as férias de um empregado. As férias iniciaram em 03/11, sendo assim o pagamento das mesmas ocorreram em 30/10, e o IRRF destas férias tem que ser recolhido em Novembro, na DAE que vence em 30/11, correto? De maneira alguma consigo que o sistema puxe essa base de IRRF das férias para o fechamento mensal de Outubro. Os demais tributos serão pagos na guia com vencimento em Dezembro, mas pela legislação do IRRF o mesmo deve ser pago no mês seguinte à retenção... Tentei também simular estas férias inciando em 30/10, mas o e-social também não puxa os valores no fechamento de Outubro...

Outro caso é de uma outra empregada, que o e-social insiste em reter um valor de R$ 2,40 de IRRF. A legislação não permite retenção em casos onde o valor seja inferior à R$ 10,00...

Alguém com algum problema semelhante à estes? Conseguiu resolver?

Página 71 de 307
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.