x
2018-07-12T17:59:15-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 1.633

acessos 142.736

eSocial - Prosoft

há 1 ano Segunda-Feira | 19 agosto 2019 | 11:37

Bom dia 

funcionário foi demitido em 12/2018 por justa causa, entrou na justiça e agora foi revertida a rescisão para sem justa causa, os valores rescisórios não mudaram apenas terá uma indenização e o recolhimento dos 40 % do FGTS, alguém sabe me dizer como reverto no esocial, pelo que entendi tenho que reabrir todos os movimentos até 12/2018, cancelar a rescisão e fazer novamente como demissão sem justa causa Correto??? e a DCTF Web  tenho que reenviar todos os meses novamente? alguém sabe me responder?
o pessoal do prosoft me disse que tenho que excluir o evento rescisório enviado, e refazer a rescisão novamente tentei fazer mas da esse erro
trabalhador que se tornarão inconsistentes em caso de recepção deste. Para que seja possível esse registro, executar os seguintes passos:a) Excluir os eventos identificados com data posterior ao evento que se pretende informar;b) Fazer o registro do evento conforme pretendido;c) Informar novamente em ordem cronológica os eventos excluídos, se continuarem válidos.Consultar o Manual para obter orientações sobre consulta e exclusão e recepção de eventos extemporâneos.O movimento deste período já se encontra fechado. Para enviar admissão de novos trabalhadores é necessário reabrir o movimento.

obrigadaLocalização: 

há 1 ano Terça-Feira | 3 setembro 2019 | 11:24

Bom dia pessoal! 
Preciso de uma ajudinha...

Enviei o evento S-1210 Pagamentos de Rendimento do Trabalho e ele voltou com o seguinte erro:
"A data de pagamento deve ser maior ou igual ao mês anterior de rescisão do contrato de trabalho.
Não foi localizado um evento de rescisão contratual para o trabalhador com mesmo recibo de pagamento.
Ação Sugerida:
Deve ser um identificador de recibo de pagamento atribuído pela empresa em um dos eventos rescisórios (S-2299 ou S-2399), no campo "identificador de recibo de pagamento".
.Se Tipo de Pagamento = 2 deve ser um valor atribuído pela empresa em S-2299;
.Se Tipo de Pagamento = 3, deve ser um valor atribuído pela empresa em S-2399.
Não foi localizado um evento de rescisão contratual para o trabalhador com mesmo recibo de entrega.
Ação Sugerida:
Deve ser um número de recibo de arquivo válido, relativo a um dos leiautes S-2299 ou S-2399.
.Se Tipo de Pagamento = 2 deve ser um recibo de arquivo gerado no leiaute S-2299.
.Se Tipo de Pagamento = 3, deve ser um recibo de arquivo gerado no leiaute S-2399.
Campo de preenchimento obrigatório: Número do recibo.
Valor Líquido inválido.  O valor esperado do trabalhador CPF: 70045767440 é: (0).
Ação Sugerida:
Em caso de pagamento total, o valor líquido deve corresponder ao somatório dos valores de vencimentos e descontos da remuneração e também dos descontos de IRRF e Pensão alimentícia. Em caso de pagamento parcial, o valor líquido deve corresponder ao somatório dos valores de vencimentos e descontos informados no grupo infoPgtoParc.
Localização: /eSocial/evtPgtos/ideBenef/infoPgto/dtPgto
/eSocial/evtPgtos/ideBenef/infoPgto/detPgtoFl/nrRecArq
/eSocial/evtPgtos/ideBenef/infoPgto/detPgtoFl/vrLiq"


Minha dúvida é: como e onde posso acertar? Já desprocessei e reprocessei a rescisão e continua o mesmo erro.

há 1 ano Quinta-Feira | 26 setembro 2019 | 15:49

Boa tarde!
Formam tantas mudanças que fiquei um pouco confusa e gostaria da ajuda de vocês.
Como ficou o calendário da entrega da DCTF WEB?
Tenho empresas integrantes no GRUPO 3 e GRUPO 2 ( COM FATURAMENTO  MENOR R$ 4.800.000,00)

Deste já,
Obrigada pela atenção.

há 1 ano Terça-Feira | 8 outubro 2019 | 14:19

Boa tarde!
Como vocês informam na prosoft o pagamento de pastores contribuinte individual?
No caso, a igreja só retem o Imposto de renda.
Como cadastrar para o e-social?


Aguardo retorno.

há 1 ano Quarta-Feira | 9 outubro 2019 | 09:32

Bom dia, Celia!
Neste caso vou ter de cadastrar em cadastro de funcionários?
Não será necessário fazer Gfip mensal?
E quais rubricas você usa?
No caso as rubricas não terão incidências?

Muito obrigada

há 1 ano Quarta-Feira | 9 outubro 2019 | 12:46

Kelen, boa tarde 
não tenho nenhum caso desse pra te ajudar, se precisar explique melhor a situação 
porem  se precisa gerar um recibo( pagamento)  pra este pastor terá que 
cadastrar no cadastro de socio  informar o que precisa  pra gerar um recibo 
a tabela  de  rubricas são iguais para todas as empresas portanto vc vai indicar o que precisa no cadastro 
lembrando tambem que no cadastro de empresa tem informações  importantes 
 

há 1 ano Quarta-Feira | 9 outubro 2019 | 13:53

Kelen,
Eu cadastrei como autônomo. Categoria 781 Ministro de confissão religiosa ou membro de vida consagrada, de congregação ou de ordem religiosa.
A verba que eu cadastrei foi a 3525 Côngruas / prembedas e afins  - valores pagos a ministros de confissão religiosa e que independem de natureza e da quantidade de trabalho executado. Incidência apenas de IRRF.
O pessoal do meu suporte(Athenas) configurou uma verba interna salário outro emprego para fazer os ajustes.
Bem, por aqui deu certo(fiz a simulação no SEFIP) , apesar de não termos transmitido a folha de pagamento ainda, por não estarmos obrigados.

há 1 ano Quarta-Feira | 9 outubro 2019 | 15:07

Obrigada Celia...

Andre, você faz um recibo de RPA para este pastor?
Neste caso o próprio pastor faz o recolhimento do INSS.

há 1 ano Quarta-Feira | 9 outubro 2019 | 15:52

Kelen, 
Sim eu faço o RPA para ele. O recolhimento do INSS é por conta dele. Ele contribui com o teto da previdência. Informação que deve ser levada em conta para fins de IRRF.
Então a dificuldade foi colocar isto no sistema, mas como te disse o Athenas configurou uma verba interna e deu certo. 
Hoje ele não é informado na GFIP. 

há 1 ano Quinta-Feira | 10 outubro 2019 | 11:10

Bom dia,

Alguem pode me ajudar com este erro?

É necessário existir informação cadastral do empregador para o período.
Ação Sugerida:Verificar se já foi enviado um evento de cadastramento do empregador.
O Tipo do Trabalhador é incompatível com a classificação tributária do empregador.
Ação Sugerida:
Verificar se o tipo de trabalhador é compatível com a classificação tributária do contribuinte (informada no evento de informações do empregador):
1) O tipo "Avulso" somente poder ser utilizado se a classificação tributária for igual a 09 ou 10;
2) O tipo "Cooperado" somente pode ser utilizado se o Indicativo de Cooperativa definido no evento de informações cadastrais do empregador for diferente de "zero";
3) O tipo "Dirigente Sindical" somente pode ser utilizado se a classificação tributária for igual a 10 ou 14;
4) O tipo "Diretor não empregado" e "Servidor Público indicado..." somente podem ser utilizados se o tipo de Inscrição do empregador for igual a 1 - (PJ).
5) O tipo "Estagiário" não pode ser utilizado pela classificação tributária 22 (Segurado Especial).
Cargo ''35054011000139002'' não existe no cadastro do empregador para o período ''2019-06''.
Ação Sugerida: O valor informado no campo de Código do Cargo deverá existir na Tabela Tabela de Cargos/Empregos Públicos, informada pelo empregador.
Localização: 
/eSocial/evtTSVInicio/infoTSVInicio/codCateg
/eSocial/evtTSVInicio/infoTSVInicio/infoComplementares/cargoFuncao/codCargo

Obrigada 

"A cada minuto de tristeza, perdemos 60 segundos de felicidade."
há 1 ano Quinta-Feira | 10 outubro 2019 | 13:59

Boa tarde!
Andre, qual classificação tributaria você informou para igreja no e-social?
Obrigada pela atenção.

há 1 ano Quinta-Feira | 10 outubro 2019 | 14:34

Kelen,
Na época em que fiz o cadastro, solicitei apoio do setor fiscal e classificamos como 'ISENTA DE IRPJ".
Pessoa jurídica em geral.
Associação privada.
Cadastrei o Pastor como responsável "contato".
Bem, o CNAE você deve saber, mas não custa colocar: 9491-0/00 - Atividades de organizações religiosas.
Na época foi um parto, olhando em retrospectiva, nem dá para acreditar.
Já tenho empresas em que substitui a GPS pelo DARF. Aliás o primeiro DARF foi pura emoção...rsrsrs



há 1 ano Terça-Feira | 15 outubro 2019 | 14:24

Boa tarde pessoal, estou com um problema no envio do fechamento. A empresa tem informação de aquisição rural e no demonstrativo da DCTF consta o valor somente do sócio, o valor de aquisição não está aparecendo para pagamento da guia.
Alguém sabe como resolver?

há 1 ano Quarta-Feira | 16 outubro 2019 | 09:01

Bom dia

Sou nova no grupo e estou acompanhando as questões e respostas muito produtiva. Também tenho uma dúvida, trabalhamos com o produtor rural/segurado especial e quando fomos enviar a GRRF com a mudança do certificado pri para ICP, acabou travando a mesma. A dúvida é temos que tirar um certificado ICP para cada produtor rural com empregado?

há 51 semanas Segunda-Feira | 28 outubro 2019 | 08:32

Bom dia, prezados.
Estou com uma dúvida, temos um funcionária que foi desligada algum tempo depois da sua volta de licença maternidade. O sistema do prosoft na folha faz o desconto do 1/12 de licença maternidade que será deduzido do INSS, mas mesmo depois de parametrizado exatamente como é colocado pela prosoft e verificado na tabela da SEPRO, essa dedução continua não sendo contabilizada no eSocial apesar de aparecer na folha de pagamento. Alguém já teve esse problema e sabe como solucioná-lo? 

há 45 semanas Segunda-Feira | 9 dezembro 2019 | 09:24

Bom dia pessoal, alguém com esse erro no evento S1210??

Evento rejeitado em razão de existir evento de precedência rejeitado ou devolvido : Evento: S1010 - ID1216102720000002019120613112700001. Consulte a causa razão, por meio do botão ocorrência do evento mencionado. Após o ajuste e transmissão sucedida do evento precedente, esse evento poderá ser retransmitido utilizando a funcionalidade Reenviar evento, por meio da rotina: Parâmetros Gerais, SPED eSocial-EFD Reinf - Monitoramento

há 45 semanas Quarta-Feira | 11 dezembro 2019 | 09:16

Bom dia Pessoal,
Tenho dois estagiarios cadastrados na prosoft e eles serão registrados CLT.
Como devo proceder: posso alterar este mesmo cadastro ja existente ou devo desliga-los e fazer um novo registro?

Obrigada :)

"A cada minuto de tristeza, perdemos 60 segundos de felicidade."
há 45 semanas Quinta-Feira | 12 dezembro 2019 | 15:17

Boa tarde, envio de fechamento do 13º de empresas com sócios, está devolvendo com esse erro, alguém sabe como proceder com o envio de fechamento, uma vez que sócio não tem remuneração de 13º??

O Trabalhador sem vínculo com Nome : RENATO*********, CPF : **********, NIS : ********* e Categoria : 723 consta na base de dados do Ambiente Nacional do eSocial, mas não foi informada sua remuneração.
Ação Sugerida: Verificar a situação do trabalhador e efetuar a regularização.
Preencha com Sim quando existir remuneração no período e Não quando não existir.
Preencha com Sim quando existir informação de pagamento de rendimento do trabalho no período e Não quando não existir.
Localização: 
/eSocial/evtFechaEvPer/infoFech/evtRemun
/eSocial/evtFechaEvPer/infoFech/evtPgtos

há 45 semanas Quinta-Feira | 12 dezembro 2019 | 15:59

RENATA DE SOUZA 
Boa tarde!
Você precisa identificar o evento de INSS 13º SALÁRIO e verificar se as incidências dele correspondem ao que é pedido no eSocial.  
Caso não esteja, você precisará modificar a rubrica e enviá-la ao eSocial (é importante estar com o portal aberto para verificar se mudou ou não a incidência da rubrica). Feito isto, reenvie o (os) funcionário (s) que tiveram a diferença e verifique o valor da guia.

há 45 semanas Sexta-Feira | 13 dezembro 2019 | 16:52

Boa tarde 

alguem saberia me informar como fazer a  saida de uma estagiaria ?
se não precisa ser feito a rescisão, como fazer no sistema para gerar o evento S 2399
Apenas colocando a data de saida não gera  a transmissão 
alguem já passou por esta situação ?

há 44 semanas Segunda-Feira | 16 dezembro 2019 | 17:38

Boa tarde, estou com esse erro no envio de TRCT empresa grupo 03 simples nacional

Grupo ''Verbas Rescisórias'' não deve ser preenchido. Verifique as condições de preenchimento no leiaute.
Localização: /eSocial/evtDeslig/infoDeslig

Página 56 de 57
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.