x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 4

acessos 4.097

Contratação de Funcionário por PF

Edmundo Marques

Bronze DIVISÃO 4, Dentista
há 8 anos Segunda-Feira | 7 fevereiro 2011 | 21:01

Prezados Srs.,

Antes de mais nada, peço desculpas se não fui capaz de achar o tópico correspondente às minhas dúvidas e tentei criar algo mais específico. Sou novo nesse fórum e adoraria poder aprender e, quem sabe, com o tempo também poder ajudar.

Sou dentista, pessoa física, e preciso contratar uma funcionária, com base em 1 salário mínimo. Já tenho conhecimento de alguns pontos importantes, como por exemplo: 1) Os percentuais de INSS e FGTS; 2) A existância de GFIP/SEFIP; e, 3) do CEI.

Mas muitas dúvidas ainda me restam e gostaria muito da ajuda de vocês, se possível:

1) Contratando uma funcionária (secretária e auxiliar de consultório), eu ficaria equiparado a PJ para fins de DMED ?
2) Existem outros encargos que são de minha responsabilidade, além dos 8% de FGTS e 25,5% de INSS (sei que desse percentual, o funcionário contribui com 8%) ?
3) Como devo fazer para cadastrar o CEI junto a RFB ?
4) Como devo fazer para gerar o meu Protocolo de Conectividade na CEF ?
5) Qual o prazo para transmitir a GFIP e gerar as guias para pagamento ?
6) Existe algum programa para geração de contra-cheque e folha de pagamento, gratuitos ?
7) Existe algum outro item que não listei e que poderia ser importante para um iniciante como eu ?

Confesso a vocês que já li tudo quanto é documento e manual de programas, mas ainda é muito confuso pra mim. Acredito que algumas dicas facilitariam muito a minha vida e me faria filtrar melhor aquilo que, no meu caso, é mais importante.

Por fim, para mim não é apenas uma questão de ter os documentos recolhidos: adoraria poder aprender e ter controle sobre minha contabilidade. Faço meu livro-caixa há anos e venho tendo um bom desempenho.

Será que poderiam me ajudar ? Agradeço desde já por toda atenção.

Moderador

Hugo Ribeiro

Moderador , Contador(a)
há 8 anos Segunda-Feira | 7 fevereiro 2011 | 23:08

Edmundo, boa noite.

Sobre a questão de querer fazer o depto pessoal dessa sua funcionária, nobre atitude.

Mas aconselho a procurar um profissional de sua confiança para assessorá-lo nesta empreitada, pois o que parece simples, nem sempre o é.

Veja que voce quer pagar um salário mínimo à sua assistente, sem levar em conta o salário da categoria (caso exista sindicato da classe), o adicional de insalubridade, e dependendo do caso, até adicional de periculosidade, caso tenha raixo X.

Imagine as consequências caso a remuneração da secretária seja paga, mesmo que por falta de conhecimento a menor... e que voce só descubra isso daquí a um, dois anos...

Medite a respeito.

Att

Hugo.


NOTA
Apenas com o CEI e mesmo com funcionários, você não estará obrigado a entregar a DEMED.

Edmundo Marques

Bronze DIVISÃO 4, Dentista
há 8 anos Segunda-Feira | 7 fevereiro 2011 | 23:32

Hugo, muito boa noite ..

Inicialmente, gostaria de agradecer imensamente pela rápida resposta. Sobre a minha postagem anterior, e com base no que escreveu, gostaria de apenas esclarecer alguns pontos:

1) Quanto ao salário de registro, já consultei um contador e os cálculos foram feitos por ele. Os percentuais que apresentei foram informados por ele.

2) A minha funcionário trabalhará como "secretária", atendendo ao telefone e agendando consultas. Não esterá exposta ao risco previsto para a gratificação de insalubridade e periculosidade.

3) O meu objetivo é poder fazer a emissão e pagamento de minhas guias (FGTS e INSS) , bem como gerar meu contra-cheque e folha de pagamento. Nunca gostei e acho terrível a idéia de depender de alguém pra isso.

4) Aqui, só encontrei profissionais que fazem "todo o serviço"; ninguém me ofereceu um serviço apenas de consultoria, pra me ensinar e para que eu mesmo possa fazer esse trabalho.

5) Todos os que consultei, apesar de não disporem do serviço que eu queria apenas, foram claros que era algo que eu conseguiria fazer sem problemas, pois o resto eu já faço.

Portanto, eis a minha questão .... fico no aguardo de mais informações.

Agradeço mais uma vez pela ajuda e disponibilidade.


Atenciosamente,


--
Edmundo

Tatiana

Prata DIVISÃO 2, Assistente Depto. Pessoal
há 8 anos Terça-Feira | 8 fevereiro 2011 | 08:21

Bom dia!!

Respeito a sua opinião e como profissional tenho a mesmo opinião do colega acima, parece facil, mas não é, existem muitas mudanças em leis, processos etc, vc teria que ficar atento e nem sempre há tempo para isso.

Todavia aconselho a encontrar um profisional de sua confiança e tentar encontrar um ponto de acordo ou a se profissionalisar indo em cursos de departamento pessoal, sefip, etc. Pois alem de entrega mensal da sefip, ainda hã declarações como Rais, Dirf anuais.

Desculpe me a sinceridade, mas ter um profissional especializado no assunto seria mais seguro, todavia, pode sempre tirar suas duvidas no forum.

respondendo a sua pergunta

Para ter cadastro de CEi, basta entrar no site da receita federal, cadastrar a senha e prencher o cadastro.

Para ter certificação caixa, tera que baixar o programa no site da CEF com o nome precert, o processo é complexo, mas preenchendo os dados e gerar o disquete, apos isso levar na agencia da caixa para validação.

Quanto a programas gratuitos eu não tenho conhecimento, tome muito cuidado pois as tabelas de recolhimento alteram, talvez procure em papelarias possa encontrar.

Espero ter te ajudado.

Att.

Tatiana

Edmundo Marques

Bronze DIVISÃO 4, Dentista
há 8 anos Terça-Feira | 8 fevereiro 2011 | 13:36

Tatiana, bom dia ..


Muito obrigado por sua contribuição ... vou estar seguindo o conselho de vocês e vou procurar um contador que aceite dividir o trabalho comigo. Mesmo assim, isso não é fácil !

De qualquer forma, qualquer outra informação seria muito útil pra mim, como aprendizado. Já aprendi muita coisa de ontem para hoje, e já sei muito do que perguntei. Sou muito grato a vocês.

Atenciosamente,


--
Edmundo

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.