x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 187

acessos 81.173

Extinção Chave PRI - Sefip

Douglas Oliveira

Prata DIVISÃO 1, Auxiliar Depto. Pessoal
há 3 semanas Segunda-Feira | 21 outubro 2019 | 16:49

Escritorio Brasil de Contabilidade

Acabei de realizar um teste conforme mandei antes, e verifiquei se havia procuração da empresa em questão para o escritorio, não tem.

Da uma verificada se realmente no campo "empresa responsável" na hora gerar o arquivo SEFIP no seu sistema, está a mesma empresa  do certificado eCNPJ, que irá usar no Conectividade ICP!

Deu certo aqui!

att

Douglas Oliveira
Aux. Departamento Pessoal
Soneli Org. Contábeis
Rio Verde - MS

Caroline

Iniciante DIVISÃO 1, Agente Administrativo
há 3 semanas Segunda-Feira | 21 outubro 2019 | 17:12

Boa tarde,

Estou com dificuldades para manusear a Conectividade ICP. No escritório que trabalho, possuímos E-CPF do contador responsável (com procurações outorgadas), porém este não consta com matrícula CEI cadastrada juntamente ao certificado.
Preciso saber se é necessário fazer um novo certificado no formato de E-CNPJ e que possua as procurações inseridas no mesmo.
Essas procurações devem ser específicas para a Caixa Econômica? Se sim, qual o procedimento?
Existe algum arquivo que possa ser feito digitalmente ou que o cliente apresente na Caixa para que possa outorgar os poderes ao certificado?

Se caso alguém tiver um manual ou passo a passo para utilizar o novo sistema e puder compartilhar no fórum, agradeço.

GRATA! 

Escritorio Brasil de Contabilidade

Prata DIVISÃO 1, Não Informado
há 3 semanas Segunda-Feira | 21 outubro 2019 | 17:34

Caroline Locatelli da Silva  ... precisa testar o certificado etc... mas as procurações são feitas com o certificado dos seus clientes para o contador do escritorio seja pessoa fisica ou juridica mas na plataforma CONECTIVIDADE SOCIAL o cliente outorgando todos os serviços para o responsável pelo escritório , ninguem vai a lugar algum ok  é por aqui onde tudo começa ....[url=http://www.caixa.gov.br/empresa/conectividade-social/Paginas/default.aspx]http://www.caixa.gov.br/empresa/conectividade-social/Paginas/default.aspx
[/url]

Oswaldo Luiz Valejo

Prata DIVISÃO 3, Contador(a)
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 10:58

Bom dia.
Que já é certo que só podemos enviar o arquivo SEFIP pela conectividade social ICP todos já sabem.
Mas o que eu descobri agora é que não precisa procuração do cliente.
Transmiti um arquivo de um cliente com o certificado Pessoa Jurídica do meu escritório, sendo que este cliente nem sequer possui certificado digital e muito menos outorgou procuração para o meu escritório.
Até ontem eu tinha conhecimento, inclusive aqui no fórum que precisava procuração outorgada pelo cliente através de seu próprio certificado para o escritório, mas acho que mudou.
Vocês já tentaram enviar também sem procuração pelo conectividade social ICP?

Lucas Henrique Lother

Iniciante DIVISÃO 4, Auxiliar Contabilidade
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 11:25

Ola, bom dia
Gostaria de saber se a alguma forma de eu testar os certificados A1 instalados no meu computador, e ver suas respectivas validades, para poder ter o controle dos clientes que precisam fazer novos certificados e poder avisá-los antes do vencimento de seus certificados para que nenhum deles acabe sendo prejudicado no envio da sefip.
agradeço dês de já.

Lucas Henrique Lother

Iniciante DIVISÃO 4, Auxiliar Contabilidade
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 12:30

OSWALDO LUIZ VALEJO
Sim anteriormente nesse mesmo fórum já haviam citado que daria de enviar com o certificado do contador, porem a caixa pode conferir os dados e alegar que o envio foi feito por um certificado diferente do da empresa e sem procuração, podendo assim aplicar uma multa sobre a empresa ou o escritório contábil. Por isso minha preocupação

Escritorio Brasil de Contabilidade

Prata DIVISÃO 1, Não Informado
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 14:59

Boa tarde sou prova disto entegamos certificados .pri  quando a empresa foi fiscalizada o fiscal fez nós entregarmos todos com o .pri da empresa .... o certo é fazer procuração... mas se querem correr o risco ai vai de cada um , nós sentimos na pele então...ja viu né... ai vai de cada um.... boa sorte a todos...

Daniel Antunes de Souza Franco

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 15:22



ESCRITÓRIO BRASIL DE CONTABILIDADE, boa tarde, você quer dizer certificado digital ICP né?..... pois o certificado Pri "antigo" não necessita de procuração, você entregava direto pelo conectividade social correto?

A dúvida de todos é:
- Sabemos que conseguimos entregar a SEFIP com o certificado digital ICP do escritório sendo o mesmo responsável na própria Sefip, porém o medo que temos é se seremos punidos por isso caso não tenha procuração.

Pois o protocolo de entrega sai igual com procuração ou sem procuração, aqui tenho procuração de clientes e o protocolo de entrega sai com o nome de meu escritório 3 vezes, como "Prezado Cliente, Transmissor e responsável"... Pois quando vamos enviar não tem como entrar no outorgado já que a opção "nova mensagem" some....então obrigatoriamente ao entregar não temos como entrar na empresa, entregamos logado direto com nosso certificado. 

Escritorio Brasil de Contabilidade

Prata DIVISÃO 1, Não Informado
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 15:27

Daniel Antunes de Souza Franco  Boa Tarde ,., na época aleguei isto o FISCAL me perguntou cade a sua procuração?  e seu o proprietario disser isto eu não autorizei entregar? Porque existe procuração então?   cada um faz como quer a minha opinião é esta ... apesar de ser contra fazer muitos micro e pequenos fazerem certificados para entregarem sefips zeradas? é um absurdo mas é a regra ... porque amanha se voce fizer algo de errado pergunte a seu cliente se ele vai entender que hoje voce quis ajudar ele fazendo sem " procuração"?  ou seja pergunte a voce mesmo se voce entender que deve continuar sem procuração não sou eu quem vai lhe proibir ok boa sorte a todos... 

Daniel Antunes de Souza Franco

Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 15:50

ESCRITÓRIO BRASIL DE CONTABILIDADE, pode ter me interpretado errado ou eu não soube me expressar.....Quero deixar claro que sei que a regra é essa e acredito que realmente tenha sido fiscalizado, só estou colocando a tratativa aqui de nosso escritório... muitos clientes que temos em média "100" somente tem Pro Labore sem funcionário e no passado até 2016 por "13 anos" entregávamos  através da antiga conectividade social com o PRI do escritório e não tive problema.....Agora com a conectividade social ICP sempre soube que havia necessidade da procuração pois tenho de meus clientes e fazemos dessa maneira, porém um ou outro não tem a procuração e sei que é possível a entrega pelo meu certificado como se procuração tivesse, a questão aqui é que não queremos pagar para ver nada, estamos só tentando ajudar um ao outro. Essa prática de entregar sem procuração é em uma eventual emergência até o cliente tirar o certificado e não tornar uma prática COMUM, nossa classe já tem o minimo de união e podemos com meia duzia ou com uma dezena de profissionais tentar nos ajudar. Não temos o poder de falar quem tá certo ou quem está errado, mas podemos sim debater uma melhor saída...se um dia fosse fiscalizado na conjuntura que citou, sentaria com meu cliente e retificaria tudo se assim pudesse como o fez, se fosse autuado brigaria juridicamente com CEF onde ela mesma aceitou o envio sem procuração e apresentaria meu contrato de prestação de serviços me dando livre e qq poder de entrega de obrigações trabalhista, municipal e federal juntamente com a procuração do E-cac, enfim brigaria até onde daria mesmo sabendo que a corda PROVAVELMENTE iria arrebentar para nós, e no último caso se realmente perdesse teria que arcar com o custo e acionar o seguro....grande abc.
Escritorio Brasil de Contabilidade

Escritorio Brasil de Contabilidade

Prata DIVISÃO 1, Não Informado
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 16:25

Daniel Antunes de Souza Franco e lhe digo mais o FISCAL queria todos os arquivos digitalizados das SEFIPS pode procurar em sites por ai muitos tiveram problemas ... eu disse só em papel se quiser é o que temos se não eu ia falar para a empresa depositar em juizo... é assim quando não é com a gente sem problemas ... mas depois que passamos tivemos que entregar tudo de novo por sorte não multou.. mas aprendemos ou seja cortamos na pele... então chega como dizem   faça o que eu mando mas não faça o que eu faço ... e cada um sabe o que é certo e errado e duvidoso ... o caminho basta escolher ... até abraços.. boa sorte a todos... 
obs
PRECISARIAMOS SIM NOS UNIR E FALAR NÃO GERAL PARA ELES MAS CADE O(A)S Daniel Antunes de Souza Franco CONTABILISTAS??????????

Douglas Oliveira

Prata DIVISÃO 1, Auxiliar Depto. Pessoal
há 3 semanas Terça-Feira | 22 outubro 2019 | 16:25

Se é possível enviar os arquivos pelo certificado do escritório sem a procuração no site da caixa, então acredito, que o escritório deva ter uma procuração particular, estabelecendo poderes de representação perante a caixa econômica federal, apenas para resguardar de um possível fiscalização. 

No eCAC, só conseguimos acessar com procuração, quando de fato existe uma procuração estabelecida para serviços eletrônicos.
Se é possível enviar o arquivo no Conectividade Social sem a devida procuração da caixa, acredito que apenas um procuração particular resolva em uma eventual fiscalização!

att

Douglas Oliveira
Aux. Departamento Pessoal
Soneli Org. Contábeis
Rio Verde - MS

Maisa Moura

Bronze DIVISÃO 2, Auxiliar Depto. Pessoal
há 3 semanas Quarta-Feira | 23 outubro 2019 | 09:25

Bom Dia, Caros colegas!
Estou com uma duvida em relação a essa mudança PRI para ICP rsrsrs...
É o seguinte, vi em alguns comentários acima que para o MEI, pode-se usa a chave PRI e tals. E o produtor Rural CEI/CAEPF com um empregado, vai ter que fazer o certificado?
Outra questão será que não podemos aderir a plataforma do E-Social pra gerar essas guias destes casos, MEI's e CEI/CAEPF - Produtor com um empregado?

Aguardo a Resposta!
Att
Maísa Moura

Oswaldo Luiz Valejo

Prata DIVISÃO 3, Contador(a)
há 3 semanas Quinta-Feira | 24 outubro 2019 | 08:13

Bom dia. Gostaria de ouvir as opiniões dos colegas.
Sabemos que é possível enviar GFIP, pelo conectividade social-ICP apenas com o certificado do escritório para aqueles clientes que não possuem certificados e portanto não podem outorgar procurações para nós.
VOCÊS VÃO ADOTAR ESSE PROCEDIMENTO, DE ENVIAR SEM TER PROCURAÇÃO?

Escritorio Brasil de Contabilidade

Prata DIVISÃO 1, Não Informado
há 3 semanas Quinta-Feira | 24 outubro 2019 | 08:31

Oswaldo Luiz Valejo  Bom dia... como ja passei por fiscalização quase punição por não ter procuração etc...tive que refazer sefips tudo de novo....se conselho fosse bom a gente vendia né como dizem... o meu para voce  é que faça seus clientes emitirem o certificado e faça tudo corretamente procuração eletronica etc...    obs: NÃO ACHO JUSTO FAZER UMA EMPRESA QUE NÃO TENHA FUNCIONÁRIOS FAZER CERTIFICADO DIGITAL mas voce viu foi ordem judicial  possivelmente corrigindo algo errado né ? então faça como voce entender ok..
Se você não é MEI, atenção!​As empresas não enquadradas como MEI - MicroEmpreendedor Individual tiveram os certificados eletrônicos AR (chave .pri) revogados.Para prestação de informações ao FGTS e à Previdência Social, as MicroEmpresas - ME e Empresas de Pequeno Porte - EPP deverão utilizar o certificado digital padrão ICP Brasil, que pode ser solicitado a qualquer Autoridade Certificadora credenciada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI, e acesso ao canal Conectividade Social ICP, disponível no endereço https://www.conectividade.caixa.gov.br.A mudança atende ao disposto na Ação Civil Pública 50034739520174047102, e Resolução CGSN nº 140, de 22 de Maio de 2018, que versa sobre obrigatoriedade das empresas enquadradas como Micro Empresas – ME e Empresas de Pequeno Porte – EPP, na prestação de informações ao FGTS com o uso do certificado digital ICP Brasil.Às empresas que tiverem seu certificado eletrônico revogado, ao tentar acessar o canal Conectividade Social AR/Conexão Segura, será exibida a mensagem “User is not authorized”, impedindo o prosseguimento da ação.

Douglas Oliveira

Prata DIVISÃO 1, Auxiliar Depto. Pessoal
há 3 semanas Quinta-Feira | 24 outubro 2019 | 08:47

Kleber Ribeiro Oswaldo Luiz Valejo

Já enviávamos com o PRI, sem nenhum tipo de procuração especifica, apenas com procurações particulares do Cliente para o Escritório, que autoriza envio de informações e representação perante a CAIXA, Receita Federal e demais órgãos. Obs: Nunca fomos fiscalizados pela Caixa.

Mas isto não é uma regra, eu entendo o seguinte, a priori, faça um certificado do seu escritório e envie as informações, vai conversando com cada um dos seus clientes e programando para que façam certificado. 

Oriento a não ficar fazendo GFIP em atraso, por enquanto ainda não foi aprovado a LEI que extingue multas por atraso dessas informações.

att

Douglas Oliveira
Aux. Departamento Pessoal
Soneli Org. Contábeis
Rio Verde - MS

Sabrina

Bronze DIVISÃO 3, Contador(a)
há 3 semanas Quinta-Feira | 24 outubro 2019 | 16:12

Boa tarde, colegas!

Pra quem tem dúvidas de como entregar a sefip por meio do E-CPF do contador, peguei o exemplo no manual da caixa e deu certo. 

Meu erro estava sendo tentar entregar a sefip com o meu nome e CPF como responsável. O connectividade social não estava aceitando.

Envio de arquivo SEFIP por procuração eletrônica – PF ampla - Exemplo 1:

Suponha que a empresa Negócios e Coisas S/A, por meio de seu próprio departamento de Recursos Humanos, gerou um arquivo SEFIP contendo as informações de arrecadação do FGTS de determinada competência para seus empregados. No campo “Responsável” desse arquivo, consta o CNPJ da própria Negócios e Coisas S/A. Este arquivo poderá ser enviado por uma PF ampla, desde que esta tenha uma procuração da empresa concedida em seu nome e que esta contenha os serviços de envio de arquivos. A PF ampla, ao acessar a procuração eletrônica que lhe foi concedida pela empresa, diretamente (outorga) ou por meio de seus colegas (substabelecimento), passa a ser identificada com o CNPJ da própria empresa, em função da procuração, de forma que o sistema entenderá que o CNPJ representado pelo usuário PF amplo coincide com o CNPJ constante no campo “Responsável” do arquivo, sendo o arquivo transmitido com sucesso.

Sabrina

Bronze DIVISÃO 3, Contador(a)
há 3 semanas Sexta-Feira | 25 outubro 2019 | 08:55

Bom dia, Bruna,
Conforme eu publiquei logo acima da sua pergunta, consegue sim. É só seguir as orientações do manual que transcrevi. O correto é ter a procuração.

Douglas de Araujo Bispo

Bronze DIVISÃO 3, Contador(a)
há 2 semanas Terça-Feira | 29 outubro 2019 | 10:15

Bom dia a todos!!

Estou com um cliente q esta sem funcionário, e tenho q passar a GFIP sem movimento, para liberação da certidão RFB, e estou passando com o certificado PJ do escritório, no conectividade ICP, acredito que aja nenhum problema não né colegas? alguém mais assim q esteja passando assim? os demais com funcionário, fiz o certificado A1 do contador, e de toas as empresa q tenha folha, e estou cadastrando a procuração no conectividade ICP.

Página 6 de 7
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.