x

DINHEIRO SUJO

Coaf e Febraban firmam acordo para ações de prevenção à lavagem de dinheiro

Medida prevê compartilhamento de experiências, capacitação e intercâmbio de tecnologias.

29/11/2023 16:00:01

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp
Lavagem de dinheiro: Coaf assina acordo para ações de prevenção

Coaf e Febraban firmam acordo para ações de prevenção à lavagem de dinheiro

Nesta terça-feira (28), o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), firmaram acordo de cooperação para ações de prevenção contra a lavagem de dinheiro.

Além disso, o acordo também firmava a cooperação técnica em ações de prevenção ao financiamento do terrorismo e à proliferação de armas de destruição em massa.

É a primeira vez que as duas entidades formalizam um acordo nesse sentido, mesmo já atuando em parceria.

Com essa medida, espera-se que tenha o compartilhamento de experiências, capacitação, bem como intercâmbio de tecnologias.

De acordo com a Febraban, o sigilo bancário será preservado.

Além disso, espera-se também uma colaboração mútua para desenvolver projetos e atividades, podendo envolver tecnologias e conceitos como “big data” e tratamento de dados.

Vale informar que as instituições financeiras que são associadas à Febraban poderão aderir também ao acordo, basta assinar o termo específico.

Representantes das instituições financeiras Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Safra e Santander estiveram na assinatura do acordo.

Lavagem de dinheiro

O termo lavagem de dinheiro consiste em um conjunto de operações comerciais ou financeiras com a intenção de incorporação, na economia, de bens ou valores originados direta ou indiretamente de qualquer infração penal.

Na prática, o termo nada mais é do que “dinheiro sujo”, vindo de atividades ilícitas, e que se transforma em “dinheiro limpo”, com aparência lícita.

Normalmente, funciona primeiro com a colocação de bens ou valores na economia. Depois, eles passam a ser ocultados, sendo que o  principal objetivo é esconder a origem do dinheiro vindo de infrações penais. Por fim, os recursos ilícitos são formalmente reinseridos na economia.

Leia mais sobre

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ARTICULISTAS CONTÁBEIS

VER TODOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.