x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 2

acessos 73

Transferencia de Empregado para empresas de socio em comum - Sem rescisão

Claudinei de Oliveira

Prata DIVISÃO 2, Sócio(a) Proprietário
há 22 semanas Quarta-Feira | 15 maio 2019 | 17:11

Boa tarde
Você pode sim, uma vez que a responsabilidade pelo funcionário passará ser dividida pelas duas empresas.
O processo é um pouco burocrático e demora um pouco.
 
Você deverá preencher um documento que se chama
 PTC TOTAL - Pedido de Transferência de Contas Vinculadas do FGTS
 
E protocolar na CEF junto com uma relação grande de documentos.
Na CTPS você fará uma anotação, dizendo da transferência.
TRANSFRÊNCIA
APARTIR DE xx DE xxxxx DE 20xx A EMPREGADA PORTADORA DESTA CTPS, FOI TRANSFERIDA
DA EMPRESA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX,INSCRITA NO C.N.J: XXXXXXX e , PARA A EMPRESA XXXXXXXX, INSCRITA NO C.N.P.J:  XXXXXXXXXXXXXX, EM CONFORMIDADE COM O  2º DA CLT, FICANDO GRANTIDO TODOS OS SEUDIREITOS TRABALHISTAS DESDE SUA ADMISSÃO.
_______________________________
XXXXXXXXX
Na prática o que vai acontecer, é que vc vai abrir uma nova conta corrente do FGTS e vai transferir o
saldo do funcionário para essa conta.
 
Fiz isso a um ano, deu certo.Fiz agora esse mês a rescisão da funcionária e deu tudo certo.
Contudo o processo tem alguns problemas:
1º - Tive muita dificuldade em encontrar algum funcionário na CEF que soubesse do assunto, teve até funcionário que garantiu que isso não era possível;
2º - Demorou 3 meses para que o processo fosse concluído, e já a partir da solicitação você têm que fazer os depósitos
de FGTS em nome da nova empresa.
Se tiver alguma dúvida, pode entrar em contato claudinei@oliversan.com.br

Ve

Prata DIVISÃO 1, Analista Recursos Humanos
há 19 semanas Quarta-Feira | 5 junho 2019 | 16:38

Boa tarde Claudinei, obrigada pela resposta.
Tem uns funcionários na CEF que são complicados mesmo..rs

Muito obrigada pela disponibilidade, qualquer dúvida eu entro em contato sim. Obrigada

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.