x
2020-05-12T16:35:08-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 27

acessos 5.224

REGISTRO DUPLICADO - CARTEIRA DIGITAL

há 28 semanas Terça-Feira | 12 maio 2020 | 16:35

Boa tarde,

Fiz um registro e a baixa pela meu programa e foi enviado para o e-social.
Entrando na Carteira digital do funcionário, vi que possui dois registro pelo mesmo empregador
Um pelo CPF que já esta dado baixa, o funcionário ate sacou o FGTS
O outro pelo CNO que ainda esta aberto ( esse nós nem fizemos e consta na carteira digital)
Os dois registros são os mesmo valores e funções diferentes.
Esse registro esta atrapalhando o funcionário a receber o auxilio emergencial.

O registro que eu fiz : 

XXxxXXXxxx XXXXxxxx  CPF: xxXXXxxxXXX
Ocupação: 717020 - SERVENTE DE OBRAS
03/12/2019 - 25/03/2020
Anotações
03/12/2019 - Admissão
25/03/2020 - Rescisão Contratual
Salário Contratual: R$ 1.045,00
Fonte da informação ESOCIAL

O registro que esta duplicado:

XXxxXXXxxxXXX CEI: XXxxXXxxx
Ocupação: 717005 - DEMOLIDOR DE EDIFICACOES
03/12/2019 - Aberto
Remuneração Inicial:
Anotações
03/12/2019 - Admissão
Última Remuneração Informada:
R$ 1.039,00
R$ 1.045,00 (02/2020)
Fonte da informação CNIS

há 28 semanas Terça-Feira | 12 maio 2020 | 17:07

Oi, Ana!

 Sou empregador e meu funcionário está com informações erradas na Carteira de Trabalho digital. Ele quer que eu corrija as informações. O que eu faço?
» Se os dados são de contratos de trabalho anteriores você não precisa fazer nada. Essas informações serão corrigidas pelos sistemas que geram os dados da Carteira de Trabalho digital ou em campanhas de atualização cadastral.Se as informações se referem ao contrato de trabalho atual que ele tem com a sua empresa é necessário que você envie as informações corretas pelo eSocial.

há 28 semanas Terça-Feira | 12 maio 2020 | 17:26

Ola Jose! 
eu li essa informação pela ajuda no site. 
Ate coloquei as divergências no registro.
Esse registro esta atrapalhando o auxilio emergencial
Eu não sei se tem outra forma de arrumar. Pois já revirei tudo e não tem nada com esse registro de demolidor.

há 27 semanas Segunda-Feira | 18 maio 2020 | 12:42

Boa tarde Ana!

Conseguiu uma solução? Eu estou exatamente com o mesmo problema, mas no meu caso a divergência é com valores de salário...

há 27 semanas Segunda-Feira | 18 maio 2020 | 13:04

Boa tarde Patricia,

Ainda nao encontrei.. eu li sobre levar toda documentação no INSS,
Como nao tem atendimento, o que eu fiz foi abrir uma solicitação de atualização de dados no portal do INSS
Pois liguei no atendimento e estava fora do ar.
Transmiti a ultima sefip dele novamente, paralisei o CNO. Mas nao teve nenhuma alteração

há 22 semanas Segunda-Feira | 22 junho 2020 | 09:38

bom dia
tb estou com um caso de erro na carteira digital impedindo saque do benefício emergencial de redução de jornada e salário.... o PIS que aparece no contrato não é o número correto e é um número que não sabemos de onde saiu... alguém encontro solução para corrigir erros na carteira digital?

Flor Cerqueira 
Contabilidade/Fiscal/DP/RH
21 98013-1076 TIM
21 96702-1076 CLARO
http://florcontadora.blogspot.com.br/
há 22 semanas Segunda-Feira | 22 junho 2020 | 11:46

Bom dia Ana,

Estou com um caso igual ao seu, o registro está com CEI que ele tem mesmo, e ficou outro em aberto pelo CPF. Fiz a rescisão e-social e foi dado baixa no CPF do empregador, ficando em "aberto" o do CEI. Meu medo é que o empregado terá problemas na de solicitar o SEGURO, irá acusar registro em aberto. Ligo no 158 ninguém me atende e mando email no suporte e nada. Vc conseguiu resolver?

há 22 semanas Segunda-Feira | 22 junho 2020 | 12:02

Bom dia pessoal,

Estou com um problema parecido por aqui.

Temos uma funcionária no consultório odontológico. Portanto, a contabilidade é gerada através do CEI, pela transmissão via SEFIP. Em cumprimento as etapas iniciais do eSocial para empregadores pessoas físicas, chegamos na etapa 2, que é o cadastramento das tabelas e rubricas. Lá, os cadastros são feitos via CAEPF (CEI só para obras), ainda que exista um CEI vinculado.

Nessa fase de cadastramento do Benefício Emergencial, começamos a observar erros de VINCULO NÃO ENCONTRADO OU DIVERGENTE. Em contato com um funcionário do Ministério do Trabalho, o mesmo informou que o erro está acontecendo porque existe uma dupla vinculação, com a mesma data de admissão, no CNIS (uma para o CPF e outra para o CEI) .

Essa funcionária nunca foi registrada no CPF. Sabemos que isso não é possível. Estamos suspeitando que essa vinculação no CPF aconteceu como fruto do cadastramento no eSocial, o que é obrigatório. Ja entramos em contato com o INSS e já solicitamos a atualização dos vínculos e remunerações. O funcionário que despachou escreveu o seguinte:

"O PERÍODO DO VINCULO COM EXTEMPORANEIDADE CONFIRMADA ATRAVÉS DA RELAÇÃO DA SEFIP DP MINISTÉRIO DP TRABALHO. PERÍODO EXTEMPORÂNEO ACERTADO"

No extrato CNIS, o vinculo no CPF continua aparecendo. Mas a sigla ao lado, que antes era PEXT, agora é AVRC. Na carteira de trabalho digital aparece também o vinculo ao CPF e com o indicador AEXT-VT. 

Não temos a menor ideia do que isso tudo significa, e nem como resolver. O estranho é que a funcionária recebeu a primeira parcela do BEM e nao recebeu a segunda até o momento. 

Gostaria muito da ajuda de vocês pra tentar a resolver essa situação. Muito obrigado desde já.

há 22 semanas Segunda-Feira | 22 junho 2020 | 14:22

Meu deus! Qual foi o tipo de solicitação que você abriu? Estou com medo do funcionário não conseguir dar entrada no Seguro Desemprego dele. Complicado né! O governo cria as coisas que só funciona na teoria, pq na prática nunca sabem nos informar os procedimentos.

há 22 semanas Segunda-Feira | 22 junho 2020 | 14:38

Eu solicitei como retificação de dados. Anexei toda documentação dele juntamente com a rescisão e escrevi que estava duplicado o registro. Estou aguardando desde do dia 13/05.

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 14:22

Boa tarde, esse funcionário veio de outra contabilidade?

Pois, aconteceu a mesma coisa comigo, no qual consegui resolver.  No meu caso, a Empresa veio de outra contabilidade. Quando chegou aqui, enviei o E-SOCIAL de um funcionário, no qual ele ficou com 2 registros da mesma empresa na ctps digital 1 que a antiga contabilidade havia enviado o registro e outro no qual eu enviei o registro. Entrei no portal do e-social e dei baixa nos 2 registros Verifica no portal se esse funcionário não está com o registro duplicado no e-social.

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 14:57

Boa tarde Adriana obrigada pela resposta. 

Este funcionário foi registrado em 01/02/2019 aqui mesmo no escritório, no período correto, foi enviado as informações para o e-social. Entretanto meses atrás nos deparamos que o registro desta funcionário não estava constando no portal do e-social. Entramos em contato com a Folhamatic, e eles corrigiram. No portal do e-social apenas consta um registro, entretanto na Carteira de trabalho digital da funcionária consta o registro com o CEI e a fonte de informação CNIS e outro com o CPF do empregador e fonte de informação Esocial. ..e o mais interessante, este do e-social além do CPF da empregadora está constando o endereço da casa da empregadora e não do consultório....sinceramente não sei como tudo isso. E agora o beneficio de redução da funcionária está constando como suspenso e não sabemos ao certo se é por causa disso ou não. Se puder me ajudar com os detalhes que informei acima agradeceria muito.  

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 15:35

Silvia,

Meu problema é exatamente igual ao seu. Nossa transmissão na SEFIP usa o CEI e o acesso ao eSocial, ainda que o registro seja no CAEPF, é via CPF. E aí gera esse outro vínculo !!!

O BEM dela está dando erro por causa disso, segundo um funcionário do MTE. E não tenho a menor ideia de como resolver !!! 

Na esperança de alguém aqui poder ajudar com alguma ideia !!!

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 15:52

Oi. eu não sei se solucionará. . mas aqui pedimos recurso para tratar disso. e estamos aguardando. não fui eu, apenas "ajudei" em tentar solucionar.

Pessoas.. lhes covnido a seguir meu canal.. respondo muito por lá.. e tento trazer conteúdos bacanas que nos ajudam no dia a dia.. e foco bastante em direito e relações. 
grande abraço
https://www.youtube.com/watch?v=kjekk_dlzba&t=406s

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 15:57

Cristian,

Aqui também já entramos com
recurso e estamos aguardando. Mas é um absurdo uma situação como essa. Gera um desgaste enorme. 

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 17:22

Caros colegas, 
Também já entramos com o recurso, mas quando irá sair só Deus sabe. 
Tenho outro empregador CEI que também pedimos a redução, e deu tudo certo, já irá receber a segunda parcela...agora este que está com o registro duplicado está com o beneficio suspenso. 
 

há 22 semanas Quinta-Feira | 25 junho 2020 | 17:46

Silvia,

a minha recebeu a primeira parcela e não recebeu a segunda. Isso que mais intriga. Ou seja, são situações iguais com desfechos completamente diferentes. Difícil de entender !

há 21 semanas Sexta-Feira | 26 junho 2020 | 16:18

Boa tarde pessoal. Sobre esse questão da duplicidade entrei no portal do MTE e mandei mensagem no "fale conosco", após uns dias, essa foi a resposta que acabei de receber no e-mail:
Prezado(a) Roseane, 
A retificação de contrato de trabalho, você pode pedir informações ao INSS, pelo telefone 135.
Atenciosamente,
Equipe CTPS Digital
SRTb/SP
Ministério da Economia

há 21 semanas Sexta-Feira | 26 junho 2020 | 16:59

Roseane,

Ja fiz isso. Abriram a solicitação chamada Atualização de Vínculos e Remunerações. Não mudou nada, mesmo após finalizada. 

Mudou apenas a sigla, que agora diz que o vínculo extemporâneo foi confirmado pelo INSS.  

há 20 semanas Segunda-Feira | 6 julho 2020 | 09:04

Bom dia pessoal! 

Alguem entrou com recurso por conta do vinculo duplicado e suspensão do beneficio emergencial? Tiveram alguma resposta? O beneficio foi aprovado ou negado? 

Entrei com recurso no dia 26/06, porém até agora está em analise. 

Vocês tem conhecimento do prazo que eles tem para analisarem? 

Obrigada. 

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.